Ruben Castro, de 27 anos de idade, usou as suas redes sociais para dar a novidade e pedir desculpas aos seguidores pela ausência explicando o motivo da mesma.

“Desculpa pelo silêncio e pela ausência, estava a dar as boas vindas ao mundo a esta preciosidade a que posso chamar filha. Decidiu vir ao mundo no dia 01 de Maio. Escreveu o Ruben.

O caso do também conhecido como Papá Gestante, tornou-se memorável nos últimos meses dado que é o primeiro caso de um homem grávido na Espanha. Ruben nasceu mulher mas sempre soube que estava no corpo errado, por outro lado a vontade de um dia experienciar o que é a maternidade manteve-o preso ao seu corpo. Após várias tentativas de engravidar, o homem confessa que quando teve o seu primeiro positivo sentiu-se num sonho.

O processo até ao nascimento do bebé não foi fácil, sobretudo por ter percebido que para muitas pessoas entenderem a situação e sentiu muitas vezes que as pessoas, inclusive profissionais de saúde, não sabiam como lidar e gerir a situação.

A história de Ruben, deu asa ao Projecto “Papa Gestante” que visa dar visibilidade à comunidade transsexual.

“Para que conheçam e encontrem outras experiências, mesmo que não queiram vivê-las, mas que saibam que existem. Trata-se de abrir caminho para o resto e dar conhecimento à sociedade, porque se trata de uma realidade muito desconhecida. Afirma Ruben.

Por: Natalicio Gaspar (Estagiário)