- Publicidade -

More

    Professor Viola, mata e enterra as vítimas no seu próprio colégio

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Professor viola, mata e enterra as vítimas no seu próprio colégio

    Paixão Paciência é o professor que há mais de 15 anos resolveu abandonar a docência para apostar na carreira de coveiro. Segundo divulgou o Novo Jornal, edição de terça-feira, foi descoberto os restos mortais de uma segunda vítima do docente, de 33 anos de idade, enterrados no mesmo lugar da primeira vítima, neste caso da jovem de 19 anos, Luísa Luama.

    No interior do colégio Njozi-Yetu, erguido com o intuito de formar e educar, foi nos últimos anos transformado pelo referido docente, num lugar de sepultara de jovens que aliciava, violava e matava, no bairro Tandi, zona de Caloundo, município de Viana, em Luanda.

    De acordo ao Novo Jornal, o docente agora acusado de crimes de violação sexual, coacção sexual, profanação de cadáver e duplo homicídio qualificado no interior do colégio, enterrou as suas jovens no mesmo buraco, uma em baixo da outra, todavia, as autoridades só agora deram conta do sucedido, pois quando desenterram do primeiro caso datado de Fevereiro, os especialistas do Laboratório Central de Criminalística não suspeitaram e nem se aperceberam da existência de outra vítima.

    A descoberta das ossadas da jovem, de 23 anos, estudante universitária desaparecida desde Agosto do ano passado, cuja identificação foi possível devido ao reconhecimento das roupas no local, foi graças a uma investigação feita pelo SIC no local usado para a execução dos crimes do homicida confesso, que mantinha contacto com as vítimas pelas redes sociais, especificamente o Facebook, e já se encontra em prisão preventiva, medida de coacção mais gravosa, desde o mês de Fevereiro.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Evento com Leandro Karnal em Angola Tem Procura de Ingressos Recorde

    A febre pelo conhecimento e desenvolvimento pessoal dispertou muito interesse dos angolanos> ! O evento CONNECT, que traz o renomado historiador, escritor e professor...

    Pedro Gonçalves chega à marca dos 50 jogos com Palancas Negras

    Por: Helder Lourenço O seleccionador Pedro Gonçalves atingiu a marca dos 50 jogos como timoneiro da selecção nacional de Angola e descreve este marco como...

    Sérgio Moikano revela motivos que o levaram a sair do grupo “Deixaram-me no Zango 8 mil, saí de lá de candongueiro às 3h, só...

    Durante uma entrevista feita, recentemente, no programa 'A Tarde é Nossa', da Tv Zimbo, o kudurista angolano Sérgio Moikano revelou verdadeiramente os motivos que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto