- Publicidade -

More

    Público rendido com apresentação da peça Teatral “Belas e Perigosas”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Público rendido com apresentação da peça teatral “Belas e Perigosas”

    “Belas e Perigosas”, é um musical de teatro que retrata a história da Makiesse, uma mulher casada, que sofria violência doméstica e tenta se livrar do marido, porém tem dificuldade de fazê-lo por amor e medo, cuja estreia aconteceu na noite de ontem, 13 de Março, no Centro de Conferência de Belas, em Luanda.

    Mesmo com tantos abusos sofridos em casa, Makiesse, faz questão de visitar seis reclusas que já passaram pela mesma situação e que motivam-na a cometer um crime ou seja, livrar-se do marido, todavia do outro lado tem a família que não a deixa estragar a sua vida matando o esposo.

    A viagem por diferentes cenários vividos por Makiesse e as seis reclusas (Carmita, Lupita, Clarice, Filomena, Preta e Dina) levou o público a rir e a emocionar-se com a representação nua e crua de uma temática muito importante, a violência contra a mulher, principalmente a violência doméstica, levando à sociedade a reflectir sobre tal problema que tem destruído várias famílias.

    Nos últimos tempos a sociedade tem se deparado com situações de mulheres mortas pelo parceiro, parente ou chefe, por amor doentio, ciúme desmedido, possessividade e abuso de poder dos patrões (o chamado “teste do sofá”), mas também tem casos e coincidentemente retratado na peça, de mulheres que matam os seus agressores em defesa própria, um final triste que acaba por ser o término do martírio.

    Felizes pelas expectativas alcançadas com a exibição do teatro musical, que neste “Março Mulher” espelhou muito bem o abuso de poder, a violência verbal, sexual, física, psicológica, patrimonial e moral vivenciado por mulheres e as suas possíveis consequências, o público presente no local, em particular as mulheres, falaram sobre a peça.

    “Superou as minhas expectativas a todos os níveis, por tratar de um assunto vivenciado na nossa sociedade, uma polémica que muita gente tem evitado falar sobre os conflitos do lar e retratar inúmeras histórias que envolvem mulheres. O que mais me fascinou foi o final, pois leva-nos à reflexão de que não podemos aceitar agressões físicas e verbais dentro da relação”, disse Maria.

    Já Eliane Barata, ressalta que jamais imaginou que o musical seria tão fenomenal. “Foi um espectáculo maravilhoso. Mais do que a peça linda que acompanhei, a mensagem que levo para casa é que precisamos analisar o tipo de parceiro que queremos ao nosso lado, tipo de relacionamento que queremos, temos que focar mais na nossa felicidade do que no parceiro. Acho que nós mulheres precisamos olhar mais em nós e naquilo que queremos”, expressou.

    Com produção Executiva de Neide Van-Dúnem, a peça trouxe ao palco nomes como: Karina Barbosa, Stela de Carvalho, Gilmário Vemba, Dalton Borralho, Sílvio Nascimento, Lesliana Pereira, Juddy da Conceição, Rosa de Sousa, Elisângela Gomes, Ailsa Renata e Jessica Pitbull.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Protteja Seguros aposta em parcerias sustentáveis

    PROTTEJA SEGUROS comunica a todos os seus clientes e parceiros a expansão do seu nível de coberturas em Angola e além-fronteiras (Portugal, África do...

    Africell lança campanha de diversificação de agentes com foco na criação de novos negócios:

    | A Africell está a abrir as suas portas para que empresas e particulares se tornem Agentes de Recargas Electrónicas (EVC) da Africell numa...

    ZAP proporciona momento mágico a mais de 170 crianças de lares Vidas ZAP com o grande “Show do Panda E Os Caricas”.

    Luanda, 11 de Junho de 2024 – No dia 7 de Junho, a ZAP reuniu mais de 150 crianças, na acção Vidas ZAP "Show...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto