- Publicidade -

More

    Putin promete “partir os dentes” a quem ameaçar integridade territorial da Rússia

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    As palavras do Presidente russo surgem num momento em que aumenta a tensão com os países ocidentais.

    O Presidente russo, Vladimir Putin, assegurou esta quinta-feira que o seu país “partirá os dentes” e quem procurar apoderar-se de partes do seu território, num contexto de persistentes tensões com os ocidentais.

    Em duras declarações durante uma reunião com responsáveis oficiais, o Presidente russo assinalou que as tentativas vindas do exterior para controlar a Rússia datam de há séculos.

    “Desde sempre aconteceu o mesmo: quando a Rússia se torna mais forte, encontram pretextos para impedir o seu desenvolvimento”, indicou Putin, alegando que alguns críticos da Rússia argumentam ser injusto que mantenha as suas vastas riquezas naturais apenas para si.

    “Mesmo após ter perdido um terço do seu potencial [com a queda da URSS], para alguns a Rússia é ainda demasiado grande. Com efeito, o potencial é colossal e o território permanece o mais vasto do mundo”, acrescentou, segundo as imagens transmitidas pela televisão.

    No entanto, não precisou quais os países visados nas suas declarações.

    “Todos querem morder-nos ou morder alguma coisa nossa, mas aqueles que gostavam de o fazer devem saber que partiremos os seus dentes para que não possam morder”, disse ainda o líder russo. “O desenvolvimento na nossa capacidade militar é a garantia disso”.

    A modernização das Forças Armadas do país tem constituído uma das principais prioridades do Kremlin, o que se acentuou com a degradação das relações com os Estados Unidos e seus aliados, e que já atingiu o ponto mais baixo desde o fim da Guerra Fria.

    Putin voltou a elogiar as últimas armas desenvolvidas pela Rússia, incluindo os mísseis supersónicos “Avangard”, apresentados como capazes de ultrapassar qualquer sistema de defesa antimíssil.

    Em 2016, o líder russo tinha já referido pela televisão que “as fronteiras da Rússia não terminam em nenhuma parte”, dois anos após a anexação da península da Crimeia e um ano após ter garantido um decisivo apoio militar ao Presidente da Síria, Bashar al-Assad.

    Para além da questão da Ucrânia, incluindo o conflito no leste, entre Kiev e separatistas pró-russos, as relações entre a Rússia e os ocidentais agravaram-se com as acusações de ingerência eleitoral, espionagem e ciberataques atribuídos a Moscovo.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto