- Publicidade -

More

    R. Kelly condenado a 20 anos de prisão por pornografia infantil nos EUA

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Aos 56 anos, o cantor e produtor musical norte-americano R. Kelly foi, esta quinta-feira, condenado a 20 anos de prisão pelo crime de pornografia infantil, por um tribunal federal de Chicago, nos Estados Unidos da América. 

    O artista, conhecido mundialmente pelo seu ‘hit’ “I Believe I Can Fly” e pelos 75 milhões de discos vendidos, irá cumprir a maior parte desta pena simultaneamente com os 30 anos de prisão que um tribunal de Nova Iorque impôs em junho, por outros crimes, noticiou a imprensa.

    Totalizando, o cantor ficará preso por 50 anos, sendo que em 2021 foi condenado a 30 anos de prisão por extorsão e tráfico sexual e agora mais 20 pelo crime de pornografia infantil, pelo tribunal federal. 

    Robert Sylvester Kelly, mais conhecido pelo seu nome artístico R. Kelly, foi acusado em setembro de 2022, de produção de pornografia infantil e ainda de aliciamento de um menor para se envolver em atividades sexuais criminosas.

    Na altura, foi negado o recurso interposto pela sua defesa para um novo julgamento. 

    Por: Sara Rodrigues

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Banco Bic abre inscrições para o crescer juntos e homenageia empresas co-investidoras

    O Banco BIC abriu nesta segunda-feira, 17 de Junho, as inscrições deste ano para ONGs, Fundações e Associações que necessitam de recursos financeiros e...

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola É com imenso prazer que anunciamos a nossa...

    Jornalista Dalila Prata destaca-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt (Alemanha)

    Por: Luizão Cabulo A jornalista angolana Dalila Prata destacou-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt, Alemanha, representando Angola e a "TPA online"...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto