- Publicidade -

More

    Refriango e a Associação Nação Verde recolhem mais de 30 toneladas de resíduos sólidos no Clean Up Day em Angola

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    No último sábado, mais de 2000 voluntários aceitaram o repto da Refriango e da Nação Verde para se juntarem à celebração do Dia Mundial da Limpeza, o “World Clean Up Day”, e em conjunto fazer a recolha de resíduos sólidos da Praia Amélia, no Distrito Urbano da Samba, em Luanda. A Campanha de Limpeza, este ano, bateu recordes de voluntários que conseguiram recolher cerca de 30 toneladas de resíduos sólidos.

    Luanda, 18 de Setembro de 2023 – Durante 4 horas, os voluntários, comprometidos com a defesa e preservação do meio ambiente, com o apoio da Refriango e da Coca-Cola, recolheram cerca de 30 toneladas (entre garrafas de plástico PET e outros resíduos sólidos) na Praia Amélia, em Luanda.

    A acção marcou o Dia Mundial da Limpeza, celebrado em mais de 197 países, e que tem lugar em Angola desde 2018, sendo que este ano contou com a presença do Gabinete da Vice-Presidente da República, do Ministério do Ambiente, representado pela Agência Nacional de Resíduos, e 15 empresas privadas que aceitaram o convite da Refriango para a celebração em conjunto desta nobre causa.

    No grupo de voluntários constavam membros da associação de ambientalistas Nação Verde, instituições académicas, culturais e desportivas, e de escolas pertencentes à rede da Comissão Nacional de Angola para a UNESCO (CNU-Angola).

    Inspirado numa acção massiva de limpeza de praias na Estónia, em 2008, o Dia Mundial da Limpeza, “World Clean Up Day”, tem como grande objectivo aumentar a consciência sobre a crise dos resíduos mal geridos, envolvendo os cidadãos, a sociedade civil, governos, empresas e organizações não governamentais em acções de limpeza e na busca de soluções para a gestão de resíduos.

    Para Nuno Cruz, representante da Associação Nação Verde, co-organizadora do Dia Mundial da limpeza, “é importante que Angola, através da sociedade civil, Empresas Públicas e Privadas, participem de forma massiva nesta acção global que junta quase duas centenas de países para limpar o mundo”.

    “Apelamos às empresas a aderirem ao Pacto Global das Nações Unidas, de forma a comprometerem-se com os 10 princípios do mesmo, e a alinharem as suas acções com os 17 objectivos do desenvolvimento sustentável. Por outro lado, queremos valorizar as parcerias com as empresas privadas, como a Refriango e a Coca-Cola, que apoiam de forma permanente e lideram movimentos como o que hoje aqui assistimos onde, lado-a-lado com a Associação Nação Verde, potenciam a massificação das mensagens e recrutamento de mais parceiros e voluntários para projectos de defesa do ambiente”, avançou.

    Por sua vez, a Administradora de Marketing da Refriango, Tânia Jardim, salientou que “a união dos esforços de todos aqui hoje presentes é, sem dúvida, um sinal de responsabilidade e mudança”.

    A gestora da engarrafadora oficial da Coca-Cola em Angola, realçou que “o despertar de consciências tem estado no centro das acções da Refriango e da Coca-Cola”. “O nosso trabalho diário procura não só encontrar formas mais sustentáveis de produzir os nossos produtos, mas também como educar os nossos consumidores e parceiros para a importância da preservação do meio natural. Quando nos unimos como comunidade, demonstramos que nos importamos com a saúde do nosso planeta e com as gerações futuras. Devemos trabalhar em conjunto com organizações ambientais, governos locais e empresas para encontrar soluções sustentáveis e garantir um futuro mais limpo e saudável para todos”.

    Paula Lima Matoso, Directora de Marketing em Angola da Coca-Cola, sublinhou “a importância de ano após ano, centenas de voluntários assinalarem o Dia Mundial da Limpeza em Angola com persistência e acções contundentes que têm um impacto real e visível na comunidade e no meio ambiente”. Continuou, lembrando que “esta é uma corrida de fundo que exige tempo, esforço e dedicação de todos os que acreditam que a sustentabilidade é uma missão urgente”. “A nível mundial, a Coca-Cola está fortemente empenhada com esta questão, no âmbito da plataforma JAMII e da campanha Mundo Sem Lixo (World Without Waste). Transpomos esses mesmos objectivos a nível local, porque sabemos que é no terreno que temos que actuar e dar o exemplo, como vimos hoje na Praia Amélia”.

    A Refriango e a Coca-Cola têm em execução uma série de projectos com instituições parceiras que reforçam a sustentabilidade ambiental no país. Entre estes, conta-se a instalação, até ao final do ano, de ecopontos nas cidades de Benguela e do Lobito.

    Também na província de Benguela, no município do Bocoio, a Refriango, Coca-Cola e a ONG ForAfrika assinalaram este ano o Dia Mundial da Água, a 22 de Março, com a requalificação de uma bomba de água. A acção beneficiou 3 mil habitantes da sede municipal.

    Em conjunto com a ANV e a CNU-Angola, ambas as empresas lançaram, em Abril passado, o projecto “Educação Ambiental nas Escolas”, que permitiu a instalação de 10 ecopontos em escolas de Luanda e a formação, em sustentabilidade ambiental, de professores e 20 mil alunos a partir dos 13 anos. Este programa incluiu também o concurso escolar “Planeta Oceano, As Marés estão a Mudar”, no âmbito do “Ecomovimento Oceano” e do Dia Internacional dos Oceanos (8 de Junho), e a participação na Feira Ecológica da CNU-Angola, durante o Dia Mundial do Ambiente (5 de Junho).

    No início do ano, outra iniciativa ambiciosa, desta vez em parceria com a Associação Nação Verde, permitiu a instalação de oito ecopontos em postos de abastecimento da Pumangol, em Luanda, para reciclagem e reutilização de papel, cartão, vidro e plástico PET, e com os quais se espera recolher mais de 5 mil toneladas de resíduos sólidos até ao final do ano.


     [PD1] da praia Amélia

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Shopping fortaleza incentiva as crianças a adoptarem práticas sustentáveis

    Com o objectivo de educar e entreter as crianças neste mês especial, o Shopping Fortaleza disponibilizou gratuitamente uma série de actividades que promovem valores...

    Passing Toloba pede ao Presidente da República que institua o Dia Nacional do Kuduro em Angola: “Por favor”

    Por: Sara Rodrigues Através dos microfones do PLATINALINE, o controverso kudurista Passing Toloba apelou ao Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, para instituir uma...

    Eduardo Paim “chora” após singela homenagem de Calado Show

    Por: Helder Lourenço O consagrado Rei da Kizomba, Eduardo Paim, emocionou-se ao ser homenageado num evento intimista em Luanda pelo humorista Calado Show. Com palavras...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto