- Publicidade -

More

    Restos mortais do músico Nacobeta descansam no Cemitério da Santa Ana

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Os restos mortais do músico angolano Nacobeta, falecido por doença prolongada na manhã de Segunda-feira, 4, numa unidade hospitalar em Luanda, foram hoje a enterrar no Cemitério Santa Ana, em Luanda.

    Assistiram ao acto fúnebre, Entidades Governamentais, colegas de profissão e naturalmente amigos e familiares.  Ao ler o elogio fúnebre, o músico Nacobeta foi lembrado pela sua alegria e disposição sempre firme em viver. Como uma pessoa que sempre esteve disponível para ajudar o próximo.

    O artista havia sido submetido a duas intervenções cirúrgicas na garganta, em 2016, e desde então nunca mais voltou aos palcos.

    O artista, em vida chama-se Edson Guedes Fernandes “Nacobeta”, teve uma carreira artística de mais de 10 anos, fez sucesso no mercado kudurista na companhia de Puto Português, com quem produziu e publicou vários temas, entre os quais: “Wakimono”, “Bababa” e “Mata Cobra”.

    Nacobeta partiu assim do mundo dos vivos, deixando viúva e três filhos.

    767785236 (1) 682349937 631451186 150894380 68117957

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Proposta de Lei dos Crimes de Vandalismo de Bens e Serviços Públicos – Quem destruir património pode ir 15 anos para a cadeia

    O Conselho de Ministros de Angola, reunido sob a orientação do Presidente João Lourenço, examinou três propostas de lei destinadas à Assembleia Nacional. Em...

    Ministro da Cultura de Angola e Maria Borges Buscam Parcerias Internacionais para Música Angolana”

    O Ministro da Cultura, Filipe Silvino de Pina Zau, recebeu em seu gabinete a renomada modelo internacional Maria Borges, que também exerce o cargo...

    JEO MC estreia-se como atleta de MMA e sagra-se campeã nacional

    Por: Helder Lourenço A gladiadora dos Reis de Rompimento Primeira Liga (RRPL), Jeorgina Ludmila, conhecida nas lides artísticas como Jeo MC, estreou-se como atleta de...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto