- Publicidade -

More

    Saiba por que razão alguns músicos decidem trabalhar de forma independente

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Saiba por que razão alguns músicos decidem trabalhar de forma independente

    Por: Hélio Cristóvão

    Independentemente de serem nacionais ou até mesmo internacionais, alguns artistas ao redor do mundo preferem trabalhar de forma independente, ao invés de vincularem-se a alguma produtora musical. Para entender melhor sobre esta temática que muito faz gerar comentários, o PLATINALINE solicitou a abordagem de três artistas que, com as suas experiências, falaram abertamente sobre o assunto.

    Para Ivan Alekxei, que já assinou por duas produtora e não funcionou, o cantor afirmou que, apesar de fazer alguns trabalhos por lá, notou a ausência de seriedade. “Não há seriedade em muitas produtoras, muitas tendem a pensar que o artista é um empregado seu, quando, na verdade, a produtora é que devia trabalhar a favor do artista.”

    Outra razão pela qual o artista decidiu levar nas costas o peso da sua carreira são os contratos. “Muitas vezes, os contratos prendem-te muito, e uma produtora que não tem um prémio de assinatura que, por exemplo, te dê alguma estabilidade, não justifica muitas vezes assinar. A mim interessa ter uma equipa, só que, muitas vezes, na base está o facto de os artistas serem muito mal tratados e colocados de lado nalgumas produtoras.

    Enquanto isso, Mago de Sousa, outro artista independente, que também já esteve vinculado a uma produtora, fala do quesito organização, por parte de muitas delas. “As produtoras não andam muito bem organizadas, é sempre bom estar vinculado a uma, mas a própria política em si não cria conforto ao artista, não salvaguardam o artista, daí que nós somos obrigados a criar estruturas próprias, andar com os nossos pés, assim temos o maior controlo do que fazemos e com a qualidade que queremos.

     

    Apesar de considerar ser difícil trabalhar de forma independente, tendo que se responsabilizar pelas agendas, pelos contratos, gestão da imagem e mais, Mago acrescenta que tem a sua própria estrutura, porém, chega a ser melhor. “Uma produtora que trabalhe bem é uma mais valia. Há artistas que individualmente fazem a sua gestão, conseguem fechar cachês grandes, e há67 outras que só o conseguem com produtoras.” Questionado sobre quais os maiores desafios de gerir a própria carreira, o autor de “Carolina” destaca a realização de espectáculos.

    Por fim, mas não menos importante, está Anderson Mário, que, apesar de actualmente pertencer a EA MUSIC, prestou o seu contributo: “Creio eu que para muitos seja na perspectiva de ter menos estresse no que concerne a receber ordens e dividir cash. Porque, nalgumas vezes, a nossa mente nos diz que nós somos quem fazemos tudo, e a produtora só distribui a papa feita. Pois embora não seja uma verdade para todas as produtoras. Eu já trabalhei sozinho por um tempo e, sim, é difícil seres tu mesmo andar atrás de tudo. Daí que nos remetemos à questão anterior.”

     

    De igual modo, questionado sobre os maiores desafios ao gerir a própria carreira, o autor de “Vai dormir” responde: “para quem não tenha cash para se auto-injectar, a falta de apoio financeiro, a burla artística e a frustração do tempo de espera.”

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto