- Publicidade -

More

    Salú Gonçalves pede Aplausos para Beto de Almeida

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    As reações relativas á morte do  Astro Angolano ,  Beto de Almeida na Namíbia,  Não para, de chegar a nossa redação , desta vez é o pensamento de alguém que seguiu de perto a carreira e vida do cantor Salu Goncalves.

    Beto D’Almeida. 


    No fim dos anos 80, sob liderança do Lê Cordeiro (pai do Anselmo Ralph), o NAI, Núcleo dos Amigos da Infância, foi fazer ao Lubango, o bem sucedido show “Café com Leite” e naquela ocasião conheci o “Beto Viola”, um puto cuja fama era grande por aquelas bandas. O Nino (Hirondino Garcia) do Afro Club Doce Compasso, disse: temos de pôr esse puto em palco e assim foi: sucesso. A dança mandava, mas também havia a música, sobretudo a infantil e conosco seguia o Ângelo Boss, já famoso, pois pertencia a RNA e aparecia na televisão. Depois conheci o Moniz de Almeida, que resolveu desembarcar em Luanda, trazendo na bagagem um tal “tio Zé que se transformou num hit e o levou ao Top dos Mais Queridos. Juntarem os talentos e dar numa das maiores referências da nova música angolana, foi um passo que mesmo com Cara de Pau, pegou na Viola, foi a trincheira e de lá pariram um sem número de músicas de obrigatória sugestão, quando se mencionarem grandes sucessos que marcaram a história da música do nosso país. Através do Adão Filipe, o Moniz de Almeida produziu as primeiras músicas do Bloco Azul e lá estão as impressões digitais do Beto D’Almeida, cantando, sugerindo, escrevendo. Nos estúdios do Beto Max, outras tantas etapas de momentos de boa música e de convívio. Em 2010, enquanto coordenador do Top dos Mais Queridos, a música Duas, criou barulho, pelo conteúdo e muitas queixas de várias mulheres, mas a RNA, apenas respeitou o voto dos seus ouvintes e essa votação deu aos Irmãos Almeida, o segundo lugar. Costumava brincar, enquanto apresentador de espectáculos e nos bastidores, agora vou dizer: e com vocês: Moniz da merda e Beto da porcaria… e eles riam-se… Shows e palcos por esta nossa Angola vivemos, desde o tempo do mono, à transição para as eleições e as mudanças políticas. Faz exatamente um ano que nos sentamos no quintal do Comando e a cantarolarmos, me prometeu que produziria uma música e que cantaríamos juntos e agora sei que vai faltar à promessa… Ontem fiquei estarrecido quando no início da tarde, soube da sua partida e mal consegui reagir e hoje 24 horas depois, faço essa singela homenagem a um dos mais talentosos compositores e um dos melhores intérpretes da música angolana de todos os tempos. Obrigado por nos dares tantas ketas fxs, obrigado por nos dares tanta audiência, pela troca entre os radialistas que apenas serviram de instrumento para chegares ao povo que te ama. Aos teus filhos e demais familiares e em especial ao Moniz de Almeida, os meus mais sentidos pêsames. descansada em paz Beto D’Almeida. Aplausos por favor.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Administradora Municipal de Luanda participa da cimeira internacional das cidades geminadas

    De 28 a 31 de maio, a cidade de San António, no estado do Texas, EUA, tornou-se o epicentro do diálogo internacional sobre geminação...

    Administradora Municipal de Luanda Representa Angola na Cimeira Internacional das Cidades Geminadas em San António

    San António, Texas - De 28 a 31 de maio, a cidade de San António, no estado do Texas, EUA, tornou-se o epicentro do...

    Benvindo Magalhães descarta possibilidade de algum dia apresentar Telejornal: “Nunca”

    Por: Sara Rodrigues O apresentador de TV e locutor de rádio Benvindo Magalhães deixou claro em entrevista ao Platinaline que jamais, na história da televisão...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto