- Publicidade -

More

    “Se eu não fosse cantor eu seria o governador de Luanda”, diz Papa Swagg

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Em entrevista exclusiva ao PLATINALINE, nesta Quinta-feira, o músico angolano Papa Swagg disse que se não fosse cantor seria o governador de Luanda e não deixaria faltar alimentação para todos angolanos e colocaria iluminação em todas as zonas periféricas da cidade capital.

    “Se eu não fosse cantor, eu seria o governador de Luanda, porque eu sou dedicado em tudo aquilo que faço…eu criaria uma poupança para que não faltasse pelo menos pão, chá e açúcar, para os angolanos e depois tocaria na questão da iluminação não só das cidades mas dos guetos, faria uma campanha ou um projecto em que os guetos deveriam estar iluminados, as estradas não deveriam faltar iluminação, porque é o motivo de muitos roubos, assaltos e acidentes e não só”, explicou Papa Swagg.

    Ao longo da entrevista, o cantor fez saber que está ausente do mercado musical, porque tem estado a trabalhar como “Massoterapeuta”, após concluir a sua formação do mesmo curso e convidou a todos aqueles que queiram fazer massagem redutora ou modeladora para o procurarem.

    Por: Sara Rodrigues

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “O mundo não aprecia coitados nem perdedores”, diz Teresa Sara

    A atual Miss Angola Internacional, Teresa Sara, deixou um conselho para as jovens que a veem como modelo. Em sua abordagem, aconselhou-as a lutar...

    “O mundo não aprecia coitados nem perdedores”, diz Teresa Sara

    A atual Miss Angola Internacional, Teresa Sara, deixou um conselho para as jovens que a veem como modelo. Em sua abordagem, aconselhou-as a lutar...

    Governo Provincial de Luanda entrega Octógonos à FAMMA

    Por: Helder Lourenço O Governo Provincial de Luanda demonstrou o seu compromisso com a promoção das artes marciais ao entregar, nesta terça-feira (16), dois Octógonos...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto