- Publicidade -

More

    Secretária de Estado, Ana Celeste, aponta a pobreza como principal factor do fraco empoderamento feminino no país

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A Secretária de Estado para os Direitos Humanos e Cidadania, Ana Celeste Cardoso Januário, apontou a pobreza como o principal factor da fraca notabilidade do empoderamento feminino em Angola, durante a sua intervenção na plenária do ANGOTIC, sob o tema “As TIC E o Empoderamento Feminino”, nesta quinta-feira, 21 de Junho.

    “Se investirmos no acesso à educação e nas tecnologias de comunicação e informação, estaremos a empoderar a mulher”, afirmou a governante, que fez ainda entender que o índice de acesso às TIC no país são muito baixos, sendo actualmente cerca de 5 milhões de usuários, num universo de pouco mais de 25 milhões de habitantes, devido ao índice de pobreza registado e de problemas no acesso à educação.

    Durante a abordagem do tema, Ana Pedroso, Secretária de Estado da Justiça de Portugal, acresceu, afirmando que “chegaremos ao maior índice de empoderamento feminino e estender as TIC até às zonas rurais, após termos bases sólidas no ponto de vista das telecomunicações”.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Shopping fortaleza incentiva as crianças a adoptarem práticas sustentáveis

    Com o objectivo de educar e entreter as crianças neste mês especial, o Shopping Fortaleza disponibilizou gratuitamente uma série de actividades que promovem valores...

    Passing Toloba pede ao Presidente da República que institua o Dia Nacional do Kuduro em Angola: “Por favor”

    Por: Sara Rodrigues Através dos microfones do PLATINALINE, o controverso kudurista Passing Toloba apelou ao Presidente da República, João Manuel Gonçalves Lourenço, para instituir uma...

    Eduardo Paim “chora” após singela homenagem de Calado Show

    Por: Helder Lourenço O consagrado Rei da Kizomba, Eduardo Paim, emocionou-se ao ser homenageado num evento intimista em Luanda pelo humorista Calado Show. Com palavras...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto