- Publicidade -

More

    Teresa Sara deseja construir o maior orfanato do país e acabar com o elevado número de crianças nas ruas

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Liliana Victor

    Muito envolvida em causas sociais, a Miss Angola Internacional Teresa Sara expressou, nesta segunda-feira (04), em uma entrevista ao programa Dia Alegre, o seu grande desejo de acabar com a situação das crianças carentes e sem-teto, através da construção do maior centro de acolhimento do país.

    Visivelmente ansiosa por acabar com esse fenómeno, Teresa revelou que vai levar o projeto a nível internacional para conseguir mais patrocinadores e financiar o orfanato, que será localizado na capital do país, Luanda.

    “(…) Tenho projetos a nível nacional que beneficiarão Angola, mas vou lançar o projeto a nível internacional para conseguir mais patrocinadores. O projeto consiste na construção de um centro de acolhimento de grande dimensão aqui em Luanda, que irá abrigar a maioria das crianças a nível nacional. Não será um centro pequeno ou médio, será um centro de grande dimensão.”

    De acordo com Teresa, a construção da infraestrutura deverá ser em uma área fértil para a agricultura, a fim de promover a autossustentabilidade do próprio centro e não depender totalmente de doações de terceiros.

    Diante desse sonho, Teresa Sara mostrou-se confiante de que conseguirá concretizá-lo: “O meu desejo é concentrar o maior número de crianças nesse centro e não ter mais nenhuma criança nas ruas. Tenho certeza de que irei realizá-lo”, concluiu.

    Importa ressaltar que, pelo menos duas mil crianças com mais de cinco anos em Angola, durante o ano passado, fizeram das ruas a sua casa ou local de sobrevivência. No entanto, as províncias de Luanda, Benguela, Namibe, Cuanza Norte e Huíla lideram as estatísticas, de acordo com dados oficiais.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    BPC Alcança Lucro de 105,8 Mil Milhões Kz em 2023 Após 7 Anos de Prejuízos

    Após um período de sete anos enfrentando prejuízos, o Banco de Poupança e Crédito (BPC) conseguiu encerrar o ano de 2023 com um resultado...

    Tunjila Tuajokota lamenta falta de convites em eventos: “já não nos querem convidar”

    O grupo musical folclórico angolano, Tunjila Tuajokota, expressou, em entrevista ao Platinaline, nesta Quinta-feira (29) de Fevereiro, a sua preocupação com a falta de...

    Carlos Morais fala sobre a Possibilidade de Voltar a Jogar pela Seleção Nacional: “Se Eu Tivesse a Oportunidade, Eu Iria”

    Há quase um ano sem vestir a camisola da seleção nacional sénior masculina de basquetebol, o que tem gerado debates entre os analistas desportivos,...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto