O cantor canadense The Weeknd foi escolhido para fazer o show de intervalo do Super Bowl de 2021 O evento está marcado para o dia 7 de fevereiro. O anúncio foi feito pelo próprio artista, nesta quinta (12/11).

“Todos nós crescemos assistindo aos maiores artistas do mundo tocarem no Super Bowl, e um artista pode apenas sonhar em estar nessa posição. Estou orgulhoso, honrado e extático por estar no centro desse palco infame no ano que vem”, diz The Weeknd.

A escolha passou por Jay Z, que se tornou parceiro da NFL em 2019 na produção dos shows de intervalos do Super Bowl. Neste ano, ele escolheu celebrar a cultura latina, com Shakira e Jennifer Lopez. Para o ano que vem, The Weeknd representará os efeitos do movimento Black Lives Matter na NFL.

“The Weeknd introduziu um som singular , Sua singularidade comovente definiu uma nova geração de grandeza na música e na arte”, explicou Jay Z

O cantor foi grande apoiador de Colin Kaepernick, o jogador banido da liga de futebol americano após se ajoelhar durante o hino nacional em protesto contra a brutalidade policial com afro-americanos. Pode, inclusive, rolar uma homenagem neste show que está por vir.

O Super Bowl detém anualmente a maior audiência de TV nos Estados Unidos. Em 2020, os números ainda cresceram 7% com relação ao ano anterior, alcançando 103,4 milhões de telespectadores. O show de intervalo em si ainda arrebatou mais 188 milhões de visualizações depois no YouTube, além de ser indicado ao Emmy Awards