- Publicidade -

More

    ”Tiago Costa tem desejo de criar Indústria de Humor em Angola

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Em uma entrevista concedida ao programa ShowBiz Talk da PLATINA FM (96.8), Tiago Costa falou sobre o humor feito em nosso país e elogiou os comediantes dessa área, expressando o desejo de criar um mercado para a classe. No entanto, lamentou a falta de valorização desses artistas em nosso país.

    Durante a conversa com o apresentador Helio Cristóvão, o humorista mencionou que, embora a ideia de criar uma indústria para comediantes em Angola seja positiva, alguns deles, se tiverem a oportunidade de sair do país, não retornam devido à falta de trabalho.

    “Estamos tentando criar uma indústria para Angola e mesmo assim sabemos que alguns comediantes vão embora se tiverem a oportunidade. Claro que eu sou um dos frustrados do Zé Eduardo, aqueles 300 frustrados, afinal eu já era e não sabia, porque estamos trabalhando como se estivéssemos pagando uma taxa de circulação”, declarou Tiago.

    Quando questionado sobre sua ambição de internacionalizar sua carreira, o humorista afirmou que pretende dar esse passo, mas somente após levar seu trabalho para as 18 províncias do país.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Micklate, a grande vencedora do 40º Elite Model Look World Final

    Depois de 5 dias de avaliação intensa para a 40ª edição do mais prestigiado concurso internacional de modelos, em Praga, MICKLATE MACOBOLA triunfou, destacou-se...

    NOSSA Seguros é a primeira seguradora a receber o selo Feito em Angola

    A NOSSA Seguros tem a honra de ser a primeira seguradora a receber o selo "Feito em Angola", uma certificação que reconhece o compromisso...

    BAI apresenta soluções de financiamento às Pequenas e Médias Empresas

    O BAI – Banco Angolano de Investimentos S.A., em parceria com a Associação Industrial de Angola (AIA), realiza em todo o país, durante o...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto