- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    Tsunami com ondas de dois metros já atingiu Nova Zelândia após terramoto

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Sismo com intensidade 7,8 sentido em todo o país. População saiu para a rua. Ainda são esperadas mais ondas.

     

    Um sismo de forte intensidade foi hoje registado na Nova Zelândia, informou o serviço geológico dos Estados Unidos. Foi entretanto emitido um alerta de tsunami. Ondas de dois metros atingiram a Ilha do Sul da Nova Zelândia, cerca de três horas depois, não havendo no imediato informação de vítimas. “Ocorreu um tsunami, a primeira onda chegou à costa nordeste da Ilha do Sul”, indicou o Ministério da Defesa Civil e Gestão de Desastres da Nova Zelândia, na sua conta do Twitter. O alerta mantém-se, sendo de esperar a chegada de ondas maiores.

     

    Nas redes sociais, as autoridades têm feito uma atualização permanente da situação, dando conta da localização das ondas e repetindo o conselho para as populações da costa leste da ilha sul se deslocarem para zona elevadas e manterem-se afastadas das praias.   A proteção civil alerta que a primeira onda não é obrigatoriamente a mais forte e avisa que as ondas de um tsunami podem continuar por várias horas.

     

    Inicialmente, as autoridades não emitiram nenhum alerta de tsunami, mas a situação foi revista. Os dados oficiais acerca da intensidade do terramoto também têm vindo a mudar à medida que o tempo passa e consoante a fonte. O serviço geológico dos Estados Unidos começou por informar que se tratava do um sismo de magnitude 7,4, tendo entretanto revisto para 7,8. Já o GeoNet, organismo equivalente na Nova Zelândia, começou por atribuir uma intensidade de 6,6 ao abalo, tendo entretanto revisto para 7,5.

     

     

    O sismo, que ocorreu cerca da meia-noite (11:00 em Lisboa) a pouca profundidade, ocorreu a cerca de 90 quilómetros da cidade de Christchurch, na Ilha do Sul, informou a agência norte-americana. Foi sentido em praticamente todo o país. Desde então já se sentiram dezenas de réplicas. Em 2011, um sismo de magnitude 6,3 fez 185 mortos em Christchurch.

     

    Para já, não há registo de vítimas, embora haja relatos de alguns danos materiais. De acordo com o jornal New Zealand Herald, em Wellington, as sirenes estão a tocar e as ruas estão cheias de pessoas a chorar.

     

    Nas redes sociais, as pessoas começam a partilhar imagens dos efeitos do abalo. A Nova Zelândia fica situada no “Círculo de Fogo do Pacífico” um arco de falhas sísmicas no Oceano Pacífico, onde são comuns os tremores de terra.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto