- Publicidade -

More

    TV Globo estreia “Guerra dos Sexos” em Angola

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O Canal Internacional da Globo vai estrear “Guerra dos Sexos” em Angola no dia 2 de Outubro, uma novela que se desenrola em São Paulo, da autoria de Sílvio de Abreu com a colaboração de Daniel Ortiz, direcção de núcleo e geral de Jorge Fernando e direcção de Ary Coslov, Marcelo Zambelli e Ana Paula Guimarães.  

       

    Em ‘Guerra dos Sexos’, os protagonistas Tony Ramos e Irene Ravache vão mostrar os conflitos e prazeres entre homens e mulheres na eterna busca da superioridade. Juntamente com Edson Celulari, Glória Pires, Mariana Ximenes, Reynaldo Gianecchini, Luana Piovani, Marilu Bueno, Carlos Alberto Ricceli, Mayana Moura, Paulo Rocha, Drica Moraes, Fernando Eiras e muitos outros compõem um elenco de luxo que vai viver momentos bastante divertidos, mostrando que entre alguns conflitos há também espaço para declarações românticas, numa química perfeita entre amor e ódio.  

       

    A idade não é empecilho para Charlote II de Alcântara Pereira Barreto (Irene Ravache). Charlô, como prefere ser chamada. Exímia piloto de carro, moto e avião, também atira como ninguém, pratica aulas de paraquedismo, é adepta de safáris em África, missões antropológicas pelas selvas amazónicas, furtivos casamentos e arrebatadoras aventuras amorosas. Alegre e destemida, só perde o humor quando o primo a chama de Cumbuqueta. 

    Em retaliação, Otávio II de Alcântara Rodrigues e Silva (Tony Ramos) é logo chamado de Bimbinho por Charlô. O sexagenário senhor é sisudo, medroso, cheio de manias e hipocondríaco. De hábitos pouco saudáveis, parece até ter alergia à palavra ginástica, só o é visto com disposição quando está a proferir rebuscados e moralistas discursos sobre as maravilhas de ter nascido homem. Poucas mulheres passaram pela sua vida, apesar de muitos desconfiarem de que, nas suas fugas na calada da noite, realiza encontros amorosos com algumas “rivais”.

    Comprovando a teoria de que os opostos se atraem, os dois tiveram um tórrido romance na adolescência. Chegaram a ficar noivos, mas Charlô II jamais aceitou as ordens do machista Otávio II, que, por sua vez, nunca cederia a uma feminista. O grande amor acabou por se transformar em ódio. Separados, mantiveram em comum apenas a paixão pelo golfe e o gosto por apostas.

    E se tivessem apostado, jamais imaginariam que uma herança milionária e uma condição surpreendente os uniriam outra vez. Os dois nem queriam acreditar quando o notário leu o testamento de Charlô I (Fernanda Montenegro) e Otávio I (Paulo Autran), mortos de enfarte duplo numa prolongada noite de amor.  Os tios homónimos deixaram para os seus únicos descendentes a mansão onde viviam e a rede de loja Charlô’s, sem direito a negociação de venda fora da família. Os primos, teimosos e irredutíveis, preferiram dividir a mesma casa e a administração das lojas a ter que ceder e vender os seus exactos 50% um ao outro.

    A coincidência assombrou a governanta Olívia (Marilu Bueno), que não acreditou que, depois de anos a trabalhar para um excêntrico casal que também se odiava e acabou por casar, teria agora que se dividir entre os novos moradores da mansão. Charlô ocupa um lado da casa; Otávio, o outro. A sala principal, onde se encontram pelas manhãs, é vigiada pelos enigmáticos olhares dos tios, imortalizados em grandes quadros sobre a lareira. Olívia, sempre assustada, jura que as imagens mudam de expressão. Será?

    Sem acordo de paz garantido por nenhum dos lados, a instabilidade dentro das lojas parece não ter fim. Porém, depois de mais uma acalorada discussão sobre os valores masculinos e femininos, a solução chega de maneira irreverente e bastante conhecida da família Alcântara. Uma APOSTA entre Otávio e Charlô! Um dos dois deverá abdicar da sua parte em nome do outro, num arriscado jogo de 100 dias, período em que Charlô e a sua equipa de trabalho têm para elevar o lucro da principal loja da rede. Se falhar, além de perder tudo o que herdou, ela ainda terá que assinar um atestado definitivo de incompetência, reconhecendo a superioridade masculina sobre o seu sexo. Mas, se vencer, quem perde tudo e assina o atestado é Otávio.

    Desafio aceite, GUERRA DECLARADA! Amores, desamores, ódios, paixões regados com muito humor prometem prender os angolanos em frente à televisão a partir de 2 de Outubro!

    Share this
    Tags

    A Bombar

    José Paciência fala sobre preconceitos no seio Artísticos “Nós temos lutado com pessoas erradas”

    Em um mundo onde a arte é muitas vezes definida por fronteiras rígidas e expectativas preestabelecidas, José Paciência com uma carreira marcada por obstáculos...

    INADEC realiza 1ª edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial

    O INADEC realizou, nesta Sexta-feira(12), no Ministério do Comércio, a primeira edição do fórum de empreendedorismo digital e conscientização empresarial. O evento teve como objectivo...

    Comité Mister Angola comemora 25 anos de existência com jantar intimista

    O comité Mister Angola celebrou os seus 25 anos de existência, neste Domingo(14), com um jantar intimista que reuniu todos os misteres e patrocinadores...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto