- Publicidade -

More

    Velório de André Mingas domingo na Liga Africana

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    O corpo do músico e compositor André Mingas, falecido, na terça-feira, aos 61 anos, em São Paulo, vítima de cancro, chega, no domingo ao país, confirmou, ontem, ao  unico Jornal diario de  Angola, uma fonte do governo provincial de Luanda.


    O velório é no mesmo dia, à tarde e à noite, na Liga Africana, e o funeral realiza-se na segunda-feira, de manhã, no cemitério do Alto das Cruzes, em Luanda, antecedido de uma missa de corpo presente.

     

    varias são as mensagens para Andre Mingas,  A do Ministério da Cultura realça que André Mingas foi um homem de cultura e arquitecto de formação, que se dedicou à preservação e valorização da cultura nacional, emprestando todo o saber à divulgação da música angolana no país e no estrangeiro.

     


    “O seu desaparecimento físico empobrece o universo artístico nacional, deixando um grande vazio, só mitigado pelo valor intelectual da sua obra que ficará indelével nos marcos históricos de Angola”, sublinha a mensagem assinada pela ministra Rosa Cruz e Silva.   

     


    A do crítico musical Jomo Fortunato diz que “ousado no seu género, André Mingas deixa uma dor imensa e um vazio irreparável no cenário musical angolano, enquanto ícone incontornável da modernidade estética da música” nacional. 

     


    “Cantor e compositor único, pela plasticidade do timbre vocal, André Mingas está na vanguarda da renovação do fraseado da Música Popular Angolana e lutou, até à data da morte, infelizmente prematura, pela internacionalização, efectiva, de um segmento importante da nossa música popular”, frisa o texto. 

     


    Jomo Fortunato diz render “eterna homenagem, não só como amigo, companheiro e professor dos artifícios da música, e da arte, na sua generalidade”, mas também por o “ter fortemente influenciado, musicalmente, de forma directa, uma acção que se estende a alguns nomes de cantores paradigmáticos” da música contemporânea angolana. 


    “Julgo que o melhor tributo à magnitude e alcance estético da sua obra, que se nos afigura intemporal, é dignificar os artistas e a imponente história da Música Popular Angolana”, afirma mensagem, que conclui: “Descansa em paz porque temos a certeza que os teus feitos vão marcar o futuro e prestígio da tradição da nossa música popular”.

     


    A mensagem do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas sublinha que a morte inesperada de André Mingas deixa um vazio na sociedade angolana, em particular na União Nacional dos Artistas e Compositores (Unac).

    684x82



    André Mingas, que era cônsul de Angola em São Paulo, desempenhou, entre outros cargos, o de vice-ministro da cultura, assessor do Presidente da República para os Assuntos Locais e Regionais e director Nacional da Massificação Cultural, do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual e da Direcção Nacional de Espectáculos e Direitos de Autor.

     

     

    Platina Line/JA

    Share this
    Tags

    A Bombar

    OKT INVESTIMENTOS celebra 6 anos de existência no mercado nacional com festa glamorousa

    A empresa de prestação de serviço OKT INVESTIMENTOS celebrou, neste Sábado (25), em Luanda, no Restaurante Yona’s Café, o seu sexto aniversário com parceiros,...

    Paulo Flores e Boy G Mendes abrilhantaram o Dia de África

    Três mil pessoas lotaram o CCB para verem actuar astros da música angolana e cabo-verdiana, juntos pela primeira vez Paulo Flores, uma das principais referências...

    Ary e Yuri da Cunha: Rumores de um Romance no Showbiz Nacional Ganham Força!”

    Por: Liliana Victor Nos últimos dias, tem sido tema de debate nas redes sociais e além delas, a possibilidade de um vínculo amoroso entre Ary...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto