- Publicidade -

More

    “Viver fora do país não é fácil”, diz Anselmo Ralph 

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O cantor e produtor musical angolano, Anselmo Ralph, esteve em videoconferência na Sexta-feira (21), no programa “Suas manhãs”, do canal Zap Viva, na conversa sobre a internacionalização da sua carreira, onde afirmou que não é fácil viver fora do país, mas que não aponta dedos a quem prefere sair.

    O artista contou que viveu nos Estados Unidos, Nova Iorque, durante sete anos, mas em termos emocionais e culturais não é fácil e também não dispensa um “bom funge”.

    “O meu funge! Eu nunca tive ambição de viver fora do país. Eu já vivi fora durante sete anos em Nova Iorque, mas para um amor como Angola, nosso país é nosso, para quem quer sair não estou a apontar o dedo né, estou a falar das dificuldades financeiras, estou a falar do sentido emocional e cultural, é bem difícil”, frisou.

    Recordar que o cantor Anselmo Ralph imigrou para Nova Iorque para terminar os estudos, onde fez a graduação em contabilidade na faculdade da Comunidade “Borough of Manhattan”, New York, nos anos de 1990, e viveu alguns anos em Madrid (Espanha), onde se encontra e actualmente.

    Por: Cristina Weva

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Protteja Seguros aposta em parcerias sustentáveis

    PROTTEJA SEGUROS comunica a todos os seus clientes e parceiros a expansão do seu nível de coberturas em Angola e além-fronteiras (Portugal, África do...

    Africell lança campanha de diversificação de agentes com foco na criação de novos negócios:

    | A Africell está a abrir as suas portas para que empresas e particulares se tornem Agentes de Recargas Electrónicas (EVC) da Africell numa...

    ZAP proporciona momento mágico a mais de 170 crianças de lares Vidas ZAP com o grande “Show do Panda E Os Caricas”.

    Luanda, 11 de Junho de 2024 – No dia 7 de Junho, a ZAP reuniu mais de 150 crianças, na acção Vidas ZAP "Show...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto