Whitney Houston morreu por "afogamento acidental" e consumo de cocaína

0
125

A cantora norte-americana Whitney Houston,  encontrada morta na banheira do seu quarto de hotel, morreu por afogamento  acidental e efeitos da cocaína que tinha ingerido, anunciou hoje o gabinete  de Medicina Legal de Los Angeles, Califórnia.

 

O consumo de cocaína, bem como os problemas cardíacos de que padecia,  contribuíram para a morte por afogamento da artista, refere, em comunicado,  o gabinete, descrevendo, no entanto, a causa da morte como “acidental”.

Whitney Houston, que tinha 48 anos, era conhecida pela sua dependência  das drogas e do álcool. “Eis como ocorreu o acidente: a cabeça debaixo de água numa banheira  cheia e consumo de cocaína”, lê-se no comunicado, que acrescenta que o relatório  final do médico legisla será divulgado dentro de duas semanas.

Outras drogas e medicamentos foram detetados no organismo da cantora,  incluindo marijuana e vestígios do ansiolítico Alprazolam, mas não contribuíram  para a sua morte, de acordo com a mesma fonte.

Whitney Houston, cantora que fez história na música pop nos anos 1980  e 1990, foi encontrada morta a 11 de fevereiro na banheira do seu quarto  de hotel, em Beverly Hills, na Califórnia.

 

Via Sic Noticias 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui