Yola Semedo abre primeira edição do “Conversas Acústicas”

0
199

Texto: Hélio Cristóvão
Fotos: Edueni António

“Conversas Acústicas” é uma iniciativa que surge em função das enormes restrições causadas pelo vírus da Covid-19, que trancou todos os promotores, produtores de eventos e também todos os prestadores de serviço de estrutura (palco, luz, som).
Nesta primeiríssima edição, que passa a acontecer no restaurante “espaço luanda” não se podia entrar com outro pé se não o direito.

Yola Semedo foi a artista de estreia para este concerto intimista que reúne no mesmo espaço a gastronomia, artes plástica e claro, boa música. Conceito desenvolvido pela CEO da Step, Karina Barbosa, especialmente adaptado aos restaurantes, por serem os “únicos” espaços que podem funcionar, razão pela qual, uma atração inédita em Angola, uma experiência para os cinco sentidos.

A primeira convidada do “Conversas Acústicas”, Yola Semedo, foi desafiada a contar a sua trajectória artística por meio do repertório escolhido, no qual, continha canções como: “muxima”, do saudoso Waldemar Bastos, “dias da semana”, composição de Heavy-C, “no doubt/ingrato”, “anjo da guarda”, “luanda” e tantos outros de sucesso.

E como quem sabe faz ao vivo, em algum momento houve falha sonora, porém, nem com isso a diva deixou de soltar o vozeirão, tendo recebido chuvas de aplausos. Entretanto, a estrela não foi a única protagonista, pois, foi reservado um espaço onde os clientes e espectadores pudessem fazer questões à Diva, respondidas mesmo no palco.
O responsável pela gastronomia da noite foi o chefe de cozinha Ricardo Helton, tendo feito Guilherme Mampuya uma pequena exposição, com quadro pintado ao vivo.

Em entrevista ao PLATINALINE, Karina Barbosa deu nota positiva a primeira edição, pelo que, considerou ser um grande sucesso.”É uma maneira de prestigiar esses profissionais, de lhes dar trabalho, afinal foram sete meses sem actividades, e esta iniciativa impulsiona e colabora muito para a cultura e o turismos de Angola, e é ainda o contributo da Step no desenvolvimento destas áreas.

O projecto tem inicialmente três meses de duração, divididos em 12 eventos no total, 4 por mês e por restaurante. Para os próximos cartazes, ainda no “espaço luanda” estão: Kyaku Kyadaff, Ary e Puto Português, com outros artistas plásticos e outros chefes de cozinha.
As próximas paragens serão os restaurantes Clube Sv e Chá de Caxinde, até lá!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments