10 bilionários do mundo da moda

0
260

Bernard Arnault

Com 41 bilhões de dólares, o empresário francês Bernard Arnault é a pessoa mais rica da indústria da moda – e, de quebra, a 4ª pessoa mais rica do mundo e a 1ª mais rica da Europa. Arnault é fundador e CEO do grupo LVMH, conglomerado que reúne as marcas Louis Vuitton, Dior, Moet & Chandon e – desde a semana passada – Bulgari.

Arnault possui outros negócios além do conglomerado de luxo, entre eles uma operadora de turismo (a Go Voyage), uma fábrica de iates (Royal Van Lent) e uma participação na rede de supermercados Carrefour. Ele é também a 65ª pessoa mais poderosa do mundo, segundo ranking elaborado pela Forbes e liderado por Barack Obama.

Amancio Ortega

 

2) Amancio Ortega

O espanhol Amancio Ortega é a pessoa mais rica da Espanha, com uma fortuna de 31 bilhões de dólares. O empresário é o dono da Inditex.

Ortega parou de estudar aos 14 anos para trabalhar como office-boy em uma camisaria espanhola. Da experiência surgiu seu primeiro negócio, a Inditex, que hoje produz roupas para marcas como Zara, Massimo Dutti e Stradivarius. A empresa possui 5.000 lojas em 77 países. Além de roupas, o espanhol também investe em imóveis, gás, turismo e bancos.

Stefan Persson

3) Stefan Persson

Assim como  Amancio Ortega, Stefan Person também é do ramo do fast-fashion. Person, o homem mais rico da Suécia, é o chairman da Hennes & Mauritz, a H&M. A fortuna do empresário é estimada em 24,5 bilhões de dólares. A empresa foi fundada pelo pai de Stefan, em 1947.

Liliane Bettencourt, empresária da L'Oréal

4) Liliane Bettencourt

A francesa Liliane Bettencourt herdou de seu pai a marca de cosméticos L’Oreal. A empresária  começou a administrar a fortuna do pai, quando sua única filha, Françoise Bettencourt, tinha apenas três anos. Bettencourt é a mulher mais rica da França, com uma fortuna estimada em 23,5 bilhões de dólares.

Com 88 anos, Liliane e sua filha Françoise estão no centro de uma disputa pública pelo controle da terceira maior fortuna familiar da França. A disputa judicial começou há três anos.

Françoise alega que a mãe está incapacitada para cuidar da fortuna. Um exame médico apresentado ao tribunal atesta que Bettencourt sofreria de “demência associada” e mal de Alzheimer “moderadamente grave”.

Phil Knight

5) Phil Knight

Knight deu início a sua fortuna vendendo sapatos de corrida japoneses no porta-malas de seu carro. Phil Knight era um corredor na Universidade de Oregon. Enquanto fazia seu MBA em finanças da universidade de Stanford, Knight entrou em contato com a Onitsuka, no Japão para se tornar um distribuidor da Tiger nos Estados Unidos. Quando a primeira amostra de sapatos chegou, ele mandou muitos pares para Bill Bowerman, que havia sido seu treinador em Oregon, esperando conseguir uma venda. Bowerman lhe ofereceu sociedade e, em troca, daria suas ideias de design para a Tiger.

Assim, eles fundaram a Blue Ribbon Sports – com 500 dólares de cada, eles encomendaram 300 pares de tênis. Nos anos 70 a parceria com a Onitsuka foi encerrada e, em 1972, a Nike tinha seu primeiro par. Atualmente, Knight soma uma fortuna de 13,1 bilhões de dólares e é a 25ª pessoa mais rica dos Estados Unidos.

Francois Pinault e família

6) Francois Pinault e família

François Pinault contabiliza uma fortuna de 11,5 bilhões de dólares. Ele é o acionista majoritário da PPR, que engloba marcas como Gucci, Yves Saint Laurent e Puma. Ele é dono da vinícola Chateau Latour, da revista Le Point e de um estádio de futebol americano.

Leonardo Del Vecchio

7) Leonardo Del Vecchio

Leonardo Del Vecchio acumulou 11 bilhões de dólares com a Luxottica. Del Vecchio foi enviado para um orfanato quando tinha 7 anos. Ele trabalhou como aprendiz em uma fábrica que fazia armações de óculos. Em 1961, Del Vecchio fundou a Luxottica. A empresa é dona de marcas como a Ray-Ban e a Oakley.

 

 

Leonardo Del Vecchio

8) Tadashi Yanai e família

 

Tadashi Yanai e família

Tadashi Yanai é o presidente da Fast Retailing, dona da marca Uniqlo. O empresário tem uma fortuna estimada em 7,6 bilhões de dólares. A primeira loja Uniqlo foi aberta no Japão, em 1984. A expansão internacional da marca começou sete anos depois. As primeiras lojas no exterior foram no Reino Unido, China, Hong Kong, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Cingapura e Rússia. No final de agosto de 2011, a empresa contabilizada 843 lojas no Japão e 181 lojas no exterior.

Philip e Cristina Green

9) Philip e Cristina Green

Philip Green comprou o grupo Arcadia em 2002, por 1,2 bilhões de dólares. Atualmente, as vendas do grupo são de cerca de 4,4 bilhões de dólares. Ele e a esposa dividem a fortuna de 7,2 bilhões de dólares através da Taveta Investments. Philip Green também tem investimentos no setor de entretenimento.

O Arcadia Group é o maior varejista privado do Reino Unido. O grupo é dono da Topshop, que possui cerca de 300 lojas nos Estados Unidos e 100 em outros países, e de outras marcas como BHS e Miss Selfridge.

Giorgio Armani

No último lugar da lista está o primeiro estilista a aparecer entre os bilionários do mundo da moda. O estilista Giorgio Armani acumulou 7 bilhões de dólares. Além de roupas, relógios, perfumes e objetos de decoração, Armani licenciou seu nome para uma rede de hotéis.

 

Fonte. Exame 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui