- Publicidade -

More

    Pilotos angolanos sobem ao pódio em Portugal

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Polaris-SocialTeam

    Pilotos angolanos sobem ao pódio em Portugal

    “Baja de Oleiros foi um sonho”

     

    • Pilotos angolanos do SOCIAL TEAM, Deborah Almeida e Rodrigo Morais, subiram ao pódio na sua estreia internacional, em Portugal
    • Equipa alcança objectivos na Baja de Oleiros com 4º lugar de Rodrigo Morais e 7º lugar de Deborah Almeida (2º na classe Buggy Promo)

     

    A estreia internacional dos pilotos SOCIAL TEAM, Rodrigo Morais e Deborah Almeida, não podia ter sido melhor, ao conquistarem o 4º e 7º lugar respectivamente, na Baja de Oleiros em Portugal, neste fim-de-semana de 7 e 8 de Setembro, elevando a bandeira de Angola na prova de rali todo-o-terreno.

     

    Decididos a dar o seu melhor, com o objectivo de terminar a prova, em que ambos competiram pela primeira vez, o feito foi muito além disso. Deborah, que correu num Buggy JB 1300, terminou a prova em 2º lugar na classe Buggy Promo e em 7º na classificação geral, cumprindo um tempo de 5:07:43.

     

    Rodrigo por sua vez correu num Arctic Cat Wildcat 1000 ficando na 4ª posição da classificação geral, com um tempo de 4:23:28.

     

    Apesar das dificuldades dos apoios, o SOCIAL TEAM conseguiu internacionalizar os seus pilotos e tendo em conta os resultados, pode-se concluir que o esforço da equipa foi compensado.

     

    A Baja TT de Oleiros foi bastante longa, com um grande número de participantes e várias classes. O percurso, muito sinuoso, decorreu numa floresta densa de pinheiros, subidas e descidas íngremes.

    Em prova estiveram 19 pilotos na Classe UTV/Buggy, e apenas 9 conseguiram chegar ao fim.

     

    A prova teve um prólogo de 10km que contou para a classificação, duas PEC’s (provas especiais cronometradas), a primeira com 90 km e a segunda com 150 km.

    Rodrigo orgulha-se da prestação de ambos: “A Deborah foi excepcional e quando cheguei ao fim, veio um jornalista dizer-me que foi preciso vir um piloto de Angola para conseguir acabar uma prova com um Arctic Cat”, contou o piloto visivelmente feliz, acrescentando que esta experiência em Portugal “foi fantástica, um sonho!” 

    Num Buggy de caixa manual e com tracção 2×2, Deborah que está habituada a um carro totalmente diferente – Polaris, teve um desempenho impressionante, mostrando que os pilotos angolanos estão muito bem preparados.

    “Angola prepara muito bem os seus pilotos, somos muito ricos em variedade de pistas para rali, obrigando os pilotos a aprenderem várias formas de condução. Faz com que os pilotos sejam versáteis e de adaptação rápida”, explica com grande entusiasmo.

    Não ser permitido o reconhecimento do percurso antes da prova, foi no entanto a maior dificuldade dos pilotos do Social Team.

    Depois de Oleiros e com provas em Angola para competir, aguarda-se pela Baja de Portalegre, a prova mais mediática e aguardada pelos pilotos de todo mundo, que conta para a Taça do Mundo de Rali.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Casal presidencial passeia pelas dunas do Parque Nacional do Iona

         O Presidente da República andou de moto nas dunas do Parque Nacional do Iona. Um momento de descontracção com o qual lançou um...

    TAAG põe fim a acordo com Hi-Fly e volta a assegurar na totalidade voos Luanda-Lisboa

    No seguimento do plano de manutenção e recuperação da frota e, no sentido de responder melhor às necessidades do mercado e a estratégia de...

    Hildebrando de Melo na 15º Bienal de Havana em Cuba

    A 15ª Bienal de Havana, que ocorrerá de 15 de novembro de 2024 a 28 de fevereiro de 2025, contará com a presença do...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto