- Publicidade -

More

    A lei não proíbe uso de vidros “fumados”. Permite alerta Ministério do Interior

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O Ministério do Interior alertou  hoje em sua pagina do facebook   que a polemica existente sobre a questão dos vidros fumados ou uso películas não faz sentido pois o decreto presidencial  Nº 185/13 de 7 de Novembro  elucida que  a lei não proíbe uso de vidros “fumados” pelo contrario permite  todavia, estabelece regras para quem quiser “fumar” os vidros do carro.

    A polemica surge  depois do  alerta foi dado pela Polícia Nacional, através da sua Direcção de Trânsito e Segurança Rodoviária, que determinou que os automobilistas têm até o fim do mês de Março para retirar as películas dos vidros, vulgo “vidros fumados” das suas viaturas.

    Para o efeito, o Executivo licenciou 350 empresas, aprovadas em concurso público, para aplicar os “fumos”. O concurso, segundo o Novo Jornal, definiu tectos para cada província do País, sendo

    50 empresas para Luanda, 30 empresas para cada uma das províncias de Benguela, Huambo e Huíla. Lundas (norte e sul), Malanje, Cunene, Uíge, Bengo, Bié, Namibe, Kwando- Kubango, kwanza (norte e sul), Moxico, Cabinda e Zaire, terão 15 empresas cada.

    À medida, segundo o órgão, surge para garantir maior segurança em consequência do aumento considerável do número de crimes cujos autores utilizam veículos com os vidros fumados.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra” reconhece 28 profissionais em diferentes áreas de actuação

    Os Prémios “Tigra Nova Garra” já fazem parte da agenda dos grandes eventos anuais que reconhecem talento, criatividade, esforço e compromisso social dos jovens...

    “Delero King cobra Taxa de 1 Milhão de Kz por Participação Musical”

    Na terça-feira, (23), teve lugar em Luanda a conferência de imprensa para anunciar os vencedores da 4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra”, uma...

    Miguel Neto declara que denominação “música folclórica” é pejorativa para Angola e defende o termo “tradicional”

    O jornalista angolano Miguel Neto declarou, nesta Segunda-feira (22), durante a rubrica "Momento Cultural" do programa A Tarde é Nossa da TV Zimbo, que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto