A “luta” de Abel Chivukuvuku para a legalização do “PRA-JÁ Servir Angola”

0
242

Por: Stella Cortêz

O político Abel Chivukuvuku esteve, no passado sábado, 5 de setembro, em conversa com o empresário Mi Mosquito, no seu programa online “Talk 2 Mi”, no Instagram, no qual, entre diversos assuntos relembrou a sua história e passagem pela UNITA, bem como o processo de legalização do Partido de Renascimento Angolano – Juntos por Angola, “PRA-JA”.

O antigo deputado da Casa-CE expôs o seu parecer em relação ao posicionamento do tribunal e do partido PRA-JA, enquanto instituição.

“Tivemos uma reunião em que participaram todos OS responsáveis de Luanda, das demais províncias e de alguns países, onde discutimos e decidimos continuar com o processo de legalização do Partido, pois a lei ainda nos permite fazer um recurso extraordinário, de acordo com o artigo 80º da lei de processo constitucional número 2. Espero que os nossos advogados estejam em condições de remeter dos documentos ao tribunal constitucional”, sublinhou.

O dirigente continuou: “Tudo o que aconteceu é simplesmente ilegalidade e injustiça, neste país não há nenhum partido que alguma vez tenha apresentado 32 mil assinaturas para ser retirada 7.500, até porque nós procuramos negociar com o tribunal para rever os documentos com as nossas equipas, não aceitaram. Isso não é bom, pois tenho uma alta estima pelo Presidente João Lourenço, mas temo eu que a situação do PRA-JA nos coloque mal!”

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments