- Publicidade -

More

    Actor angolano Jaime Joaquim apela entidades a olharem o cinema como forma de diversificar a economia

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    “A arte também faz a economia”

    Em entrevista ao PLATINALINE, o actor angolano, que participa da nova novela “O Rio”, Jaime Joaquim, apelou às entidades superiores a olharem para o cinema como uma forma de diversificar a economia nacional gerando emprego para jovens e não só.

    “Nós precisamos com urgência perceber o grande impacto que o cinema tem na nossa sociedade, o cinema pode empregar muito mais do que imaginamos e sustentar muitas famílias… a arte também faz economia… gostaríamos que as instituições de direito olhassem para isso”, disse.

    Na sequência, Jaime Joaquim fez saber que uma das coisas que também inquieta a classe já referida acima é a falta de patriotismo e a consciência das pessoas e apela à sociedade a optar por uma mentalidade diferente.

    “Coisas que também que nos preocupa é a consciência das pessoas, nós queremos que as pessoas tenham uma consciência diferente, muito mais patriótica, mas isso só é possível se houver investimento, empenho, incentivo para que nós possamos fazer e diminuir o índice de desemprego e aumentar o número de pessoas a trabalhar”, finalizou.

    Por: Sara Rodrigues

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Eddy Flow e Big Lemos negam ter algum problema com as mulheres 

    Foi na rubrica "Debate Alegre", do programa Dia Alegre da Platina FM, desta quinta-feira (21), enquanto abordavam sobre a realidade do negócio em Angola,...

    Selecção Nacional de MMA ocupa terceira posição no Ranking Mundial 

    Após a conquista da 6.ª edição do Campeonato Africano de MMA, com um total de 39 medalhas, a Selecção Nacional ocupa a terceira posição...

    Pai Profeta presta declarações no SIC-Luanda em processo criminal 

    No decorrer do processo criminal envolvendo a artista angolana Biba, foi a vez de Paulo Marcelino Viegas, conhecido como "Pai Profeta", comparecer ao SIC...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto