Por: Timóteo Serviço

A grande necessidade de comunicar de uma maneira assertiva levou as empresas e outras organizações a utilizarem estratégias de comunicação mais directa com potenciais clientes e não só, uma destas estratégias é o SMS Marketing, isto é, envio de mensagens em massa (ou não) de fins comerciais, usando mensagens de texto (SMS).

Hoje em dia, é muito comum qualquer assinante receber este tipo de mensagens, a quantidade média de SMS recebida em cada terminal tem aumentado cada vez mais, causando assim um certo incómodo a quem as recebe, particularmente para quem não está interessado.

Neste âmbito, durante debate no programa “Ressonância”, sob o tema “Segurança de Dados na Actual Era Digital”, o Director de Auditoria e Inspecção da Agência de Protecção de Dados “APD”, Eng. Cruz da Gama, afirmou que “as operadoras devem disponibilizar condições para que o titular de um terminal telefónico se oponha às recepções de SMS Marketing de remetentes indesejados”, caso não tenha interesse em recebê-las, “o que até agora nenhuma operadora o faz.”

Disse, entretanto, o Engenheiro Cruz da Gama, “quando as mensagens são enviadas por instituições públicas, estas são permitidas por Lei, a fim de partilha de informações do interesse público, pelo que, não tem como o cidadão opor-se à recepção da SMS.”

“Ressonância” é um espaço de debate criado com a finalidade de abordar temas diversos e pertinentes, de interesse público, realizado quinzenalmente pela Kivale, com exibição nas redes sociais da Platina Line e da Kivale.