O Comandante-Geral da Polícia Nacional de Angola, Comissário-Geral Paulo Gaspar de Almeida, promoveu, ontem, em Luanda, o agente regulador de trânsito Nicolau Tuna Sebastião, ao grau de 2° Subchefe, pela sua actuação pedagógica demonstrada durante uma acção de tentativa de corrupção a que estava ser alvo na via pública por parte de um automobilista que infrigiu o código de estrada.

O reconhecimento público do especialista da Direcção de Trânsito e Segurança Rodoviária (DTSER) decorreu em parada, durante o acto central das comemorações do 25° aniversário da Polícia Fiscal Aduaneira, realizado na Unidade Fiscal Marítima, sita na Ilha do Cabo, em Luanda.

Num gesto simbólico de imposição de patente, Paulo Gaspar de Almeida enalteceu o feito do agora 2° Subchefe que, no passado dia 24 de Maio do ano em curso, deu mais um passo no combate à corrupção, frustrando uma tentativa de suborno na via pública, praticado por um condutor, cujas imagens viralisaram nas redes sociais.

“É um exemplo que deve ser seguido por todos efectivos da corporação, para garantia da ordem e tranquilidade pública”, exortou o Comandante-Geral.

Satisfeito com o reconhecimento, o 2° Subchefe Nicolau Tuna Sebastião disse, aos microfones da imprensa da PNA, que o gesto do Comandante-Geral representa um grande passo na sua carreira profissional.

“É uma passagem de valores positivos à sociedade e que cada um deve contribuir com exemplos positivos no combate cerrado ao fenómeno da corrupção”, concluíu o interlocutor.