- Publicidade -

More

    Angélico: BMW com história de crime

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Uma investigação do jornal SOL atira agora achas para a fogueira sobre o passado do BMW que levou à morte de Angélico Vieira e de um amigo. Segundo o semanário, o carro de alta cilindrada não só foi propriedade de dois criminosos, como também já tinha tido um acidente muito grave que quase o destruiu.

    O jornal informa que o primeiro proprietário do automóvel chamava-se Paulo César Jesus Silva, o qual já esteve preso várias vezes por tráfico de droga e roubo. Foi Silva quem mandou vir o alta cilindrada da Alemanha – apesar de não aparentar não ter posses para o carro de luxo – e quem tratou de trocar a matrícula alemã por uma portuguesa.

     

    Também foi Paulo Silva quem teve um choque frontal, sem vítimas a assinalar, em 2009. A parte lateral direita e a zona frontal do BMW ficaram totalmente destruídas e foi o próprio proprietário quem pagou pelo arranjo, requisitando à seguradora o valor do conserto em forma de indemnização. E a seguradora, a Liberty, concordou, numa situação pouco usual para uma empresa de seguros. Falamos de valores na ordem dos 35 mil euros, pouco mais de um terço do valor real do carro: 90 mil euros.

     

    O SOL afirma que não há registo de que o BMW tenha sido arranjado numa oficina da marca, ficando assim na dúvida se os danos provocados pelo acidente não deixaram marcas nos eixos das rodas, a aparente causa do acidente que vitimou Angélico.

    Antes do automóvel ser de Augusto Fernandes, dono do stand que emprestou o automóvel a Angélico na fatídica noite, ainda passou pelas mãos de Sílvio Remelgado, também ele cadastrado por assalto e nome temido na zona de Braga.

     

     

    Remelgado livrou-se do carro eventualmente e este foi parar às mãos de Augusto Fernandes, do qual era amigo. Sabe-se agora que Fernandes também está a ser investigado por fraude e tráfico de droga. O empresário garante ao SOL que o carro estava em condições: «quando o adquiri estava informado do acidente. Não foi nada de especial. O carro estava em plenas condições», diz Fernandes invocando uma inspecção posterior à reparação que segundo o SOL, não está registada no Instituto de Mobilidade e Transportes Terrestres.

     

     

     

    Entretanto, uma fonte da GNR garante ao semanário que o veículo circulava com os pneus errados. «Este modelo foi concebido para utilizar uns pneus Run Flat», diz João Trincheiras, porta-voz da BMW, referindo-se a um modelo de pneus mais dispensiosos que continuam a rodar mesmo se tiverem um furo em movimento.
    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto