- Publicidade -

More

    Angola com ponto de amarração do 2África

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O consórcio 2Africa anunciou, esta segunda-feira, em Johannesburg (África do Sul), a adição de quatro novas sucursais ao cabo 2Africa.
    As filiais vão estender a conectividade da 2Africa às Seychelles, Ilhas Comores e Angola, e um novo ponto de amarração no sudeste da Nigéria.

    As novas ligações juntam-se à extensão recentemente anunciada para as Ilhas Canárias.

    O consórcio 2Africa é composto pela China Mobile International, Facebook (Facebook.com), MTN GlobalConnect, Orange, STC, Telecom Egypt, Vodafone e WIOCC.

    Trata-se do maior projecto de cabo submarino do mundo, que fornecerá um serviço de Internet mais rápido e confiável para cada país onde pousar.

    Segundo o consórcio, as comunidades que dependem da Internet para serviços de educação, saúde e negócios vão experimentar os benefícios económicos e sociais que advêm dessa conectividade aumentada.

    Para implantar as novas agências, foi seleccionada a Alcatel Submarine Networks(ASN), aumentando, desta forma, o número de desembarques da 2Africa para 35 em 26 países, melhorando ainda mais a conectividade dentro e ao redor de África.

    “Tal como acontece com outras entradas de cabo da 2Africa, a capacidade estará disponível para provedores de serviços em centros de dados neutros para operadoras ou estações de aterrissagem de cabo de acesso aberto numa base justa e equitativa, encorajando e apoiando o desenvolvimento de um ecossistema de internet saudável”, avança.

    Pesquisas marítimas

    Desde o lançamento do cabo 2Africa, em Maio de 2020, adianta, houve progressos consideráveis ​​no planeamento e preparação para a implantação do cabo, que deverá “entrar em operação” no final de 2023.

    Conforme o consórcio, a maior parte da actividade de pesquisa de rota submarina está agora concluída.

    A ASN começou a fabricar cabos e a construir unidades repetidoras nas suas fábricas em Calais e Greenwich para implantar os primeiros segmentos em 2022.

    Cruzamento terrestre do Egipto

    Um dos segmentos-chave da 2Africa, a travessia terrestre do Egipto, que interliga os locais de desembarque nos mares Vermelho e Mediterrâneo por meio de duas rotas terrestres completamente diversas, foi concluída antes do previsto.

    Avança que um terceiro caminho marinho diversificado complementará este segmento através do Mar Vermelho.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto