Angola Music Awards orçado em 60 milhões de kwanzas

0
334

Por: Stella Cortêz

Fotos: Cessac Epalanga

Aconteceu, nesta quarta-feira, na sala de conferências do Hotel Zombo, a conferência de imprensa do maior evento anual da cultura angolana, o Angola Music Awards, que destaca o trabalho dos melhores e mais populares artistas e criadores da música angolana.

Cristiano Chizeca, organizador do evento que falava em entrevista ao PLATINALINE sobre o concurso com a gala de entrega de prémios, previsto para o mês de Outubro, salientou que um dos principais obstáculos para a realização do mesmo está na aquisição de patrocínios.

“O Angola Music Awards é um evento que em termos de produção, a injecção de capital eleva mais de 60 milhões de kwanzas, ainda assim tivemos que fazer um reajuste de valores contado com os parceiros, graças a Deus este ano temos muitos apoios envolvidos na produção. Um processo que não é fácil, mas graças a Deus temos levado a bom porto”, sublinhou.

Para esta que será a oitava edição dos AMA, referente ao ano 2021, cujo principal objectivo consiste em promover, divulgar e valorizar o mosaico cultural da música de Angola, bem como elevar novos valores e a homenagem aos criadores e intérpretes que têm feito a história da música do país, Cristiano manifestou a satisfação de retornar às tradicionais galas de premiações com a presença do público.

“Vamos, este ano, voltar ao tradicional com a recepção do público no habitual desfile do red carpet da gala de premiação, prevista para o dia 23 do próximo mês, no CCB, com transmissão em directo na Tv Zimbo, Platinaline e Platina FM. Entre as várias novidades para esta que acreditamos ser uma edição especial, implementamos a categoria melhor produtor de videoclipe, e igualmente fizemos a mutação da categoria afro house que deixou de ser o famoso kuduro e passou a ser uma categoria do estilo afro house na verdadeira essência”, finalizou.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments