- Publicidade -

More

    Artistas angolanos presentes no VIII Vera World Fine Art Festival

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    – Obras de quatro artistas plásticos angolanos estarão expostas, a partir das 21 horas desta quarta-feira, no VIII Vera World Fine Art Festival, na Cordoaria Nacional, em Lisboa, a decorrer até 21 de Setembro.

    Pela primeira vez em Portugal, o VERA World Fine Art Festival, tido como dos mais importantes festivais internacionais de arte contemporânea, vai reunir 80 artistas, entre os quais os angolanos Lino Damião, Marco Kabenda, Anna Rocheta e Dila Moniz.

    Lino Damião trabalha sobretudo em pintura e gravura, tendo já participações em diversas exposições, com destaque para as duas primeiras edições da Bienal de Jovens Criadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), em Cabo-Verde (em 1999) e na cidade portuguesa do Porto (2001), assim como tem obras em colecções particulares em Angola e no estrangeiro.

    Por sua vez, Marco Kabenda tem como foco principal dos novos quadros as raízes africanas e a sua interligação com as realidades paralelas das sociedades mundiais.

    Segundo nota de apresentação, Marco Kabenda é ainda conhecido por ser um artista que sempre renunciou ao traço convencional, destacando-se na sua obra a distorção do desenho, sobretudo da linha com a qual projecta a anatomia humana.

    A artista plástica Anna Rocheta faz recurso às cores quentes, utilizando o amarelo, vermelho e o preto, para evocar a “bandeira nacional e o calor tipicamente africano”.

    Já Dila Moniz tem no cruzamento entre continentes e a assimilação intercultural lusófona a pedra-angular para a sua criactividade e existência pessoal, optando pela pintura figurativa, pela expressão viva dos olhares, posturas, formas e dos padrões.

    O Vera World Fine Art Festival, organizado pela Fundação World Without Borders e pela Fundação Pública de Apoio à Cultura e ao Desenvolvimento da Arte Contemporânea de Moscovo, congrega obras de pintura, escultura, artes aplicadas, instalação e design, fotografia, museologia e arquitectura.

    Além de Angola e outros países da CPLP, o festival vai reunir artistas, galeristas, coleccionadores e estudantes de arte da Alemanha, Azerbaijão, França, Irão, Israel, Rússia, Turquia e da Ucrânia.

    O festival terá uma área reservada aos artistas, outra para os patrocinadores, galerias, conferências e mesas-redondas, bem como será realizado um leilão filantrópico a favor do serviço pediátrico do Instituto Português de Oncologia.

    Serão igualmente entregues, em oito categorias, os Prémios Vera World Fine Arts Awards, no Teatro da Trindade, em Lisboa.

    Segundo a organização, o certame está ligado ao Festival Internacional de Moscovo “Tradições e Modernidade”, que se realiza desde 2007, na Rússia, que já atraiu mais de quatro mil artistas de 40 países.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Banco Bic abre inscrições para o crescer juntos e homenageia empresas co-investidoras

    O Banco BIC abriu nesta segunda-feira, 17 de Junho, as inscrições deste ano para ONGs, Fundações e Associações que necessitam de recursos financeiros e...

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola É com imenso prazer que anunciamos a nossa...

    Jornalista Dalila Prata destaca-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt (Alemanha)

    Por: Luizão Cabulo A jornalista angolana Dalila Prata destacou-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt, Alemanha, representando Angola e a "TPA online"...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto