- Publicidade -

More

    As mulheres bonitas são mais egoístas Diz Pesquisa

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Para responder a questões como “quão importante é o aspeto físico para o desenvolvimento das relações sociais?” e analisar o comportamento das pessoas em função do aspeto físico, alunos da Universidade Autónoma de Madrid desenvolveram uma investigação que concluiu que as mulheres mais atraentes e com rosto mais simétrico comportam-se de forma mais egoísta.

    Perante a grande dificuldade que é estudar o comportamento humano, os investigadores pediram a 176 universitárias que participassem no jogo do dilema do prisioneiro. Neste, duas pessoas teriam cometido um crime e poderiam culpar-se uma à outra ou manter-se em silêncio. Se as duas se mantivessem em silêncio eram condenadas apenas a dois anos de prisão, se se culpassem uma à outra a pena era de cinco anos e se uma culpasse a outra mas essa se mantivesse em silêncio, a pena era de dez anos para a que era acusada e um ano de prisão para a que denunciava.

    Depois das respostas obtidas, coube à equipa, coordenada por Enrique Turiégano, traduzir para números algo tão abstrato como o aspeto físico, baseando-se para isso em parâmetros como a simetria facial, o grau de feminilidade/masculinidade do rosto, o índice de massa corporal, a relação cintura/anca e a própria perceção de atratividade.
    Perante os resultados, os investigadores concluíram que a simetria do rosto e o facto de se considerarem atraentes, leva as mulheres a serem menos cooperantes no jogo do dilema do prisioneiro, o que revela que as pessoas mais seguras de si sentem menos necessidade de cooperar com os outros. Por outro lado, descobriram também que um índice de cintura/anca maior aumenta a tendência das mulheres para cooperar com os outros, ao contrário do que os primeiros aspetos em estudo revelavam.

    Segundo o que Enrique Turiégano explicou ao ABC, vários estudos científicos que abordam os benefícios sociais que uma pessoa bonita e atraente tem, concluíram que quem se considera mais bonito é menos altruísta e necessita menos dos outros para satisfazer as suas necessidades materiais. Turiégano acrescenta ainda que o aspeto físico se relaciona com um conjunto de vantagens que incrementam a capacidade de adaptação dos indivíduos ao ambiente.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto