- Publicidade -

More

    O que os homens acham Normal que Irritam as Mulheres:

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    É só olharmos para um homem e uma mulher que automaticamente perceberemos que são seres diferentes.

    As diferenças físicas são visualmente e sem nenhum esforço notáveis, os traços do rosto feminino são diferentes e delicados, as curvas são mais acentuadas, os próprios sexos diferem… Enfim… Seres diferentes.

    Entretanto, aparentemente por razões metafísicas desconhecidas tanto homens como mulheres esquecem-se de que são seres humanos desiguais, com aptidões e inclinações diferentes, opiniões divergentes e diferentes maneiras de estar, agir, falar… Enfim… A palavra chave por mais sinónimos que eu procure é uma “diferente”.

    A culpa de tal “esquecimento” é de ambos. Homens acham que as mulheres precisam de ser sentimentalmente mais pragmáticas e mulheres acham que os homens sobrevalorizam a lógica. Pontos de vistas diferentes, onde porém um não invalida outro, são duas verdades distintas. 

    Hoje, todavia o “papo” é com aqueles cuja testosterona está no seu sistema… Hoje o meu assunto é com os homens.

    Vou desde já avisando que a minha ideia não é “mulherizar-vos”, ou de qualquer forma afectar a vossa masculinidade. O que eu quero fazer convosco pode ser considerado como um exercício aplicável ao quotidiano que visa uma vida com menos chatices… Ou, trocado por miúdos: É então para o vosso bem!!!!

    São as tais pequenas atitudes, que no mundo masculino seriam apenas isso: “pequenas atitudes”, quando convertidas para adaptação e manuseamento no mundo feminino são susceptíveis de provocar mais estragos que as chuvas em Luanda… basicamente é assim:

     

    1. Mas, isso mesmo é razão para estares chateada? (O que você diz)
    —— Sua grandessíssima maluca sem capacidade para agir racionalmente (o que ela ouve)

     

    2. Isso não tem lógica! (O que você diz)
    —— Nem para pensares serve? (o que ela ouve)

     

    3. Mas, não vai dar tudo no mesmo? (o que você diz)
    —— Estas me a fazer perder tempo…

     

    4. Mais sapatos? (o que você diz)
    —– MAIS SAPATOS???????? (O que ela ouve)

     

    5. Mas, estás a chorar porquê? É só um filme (o que você diz)
    —- Boa, esta imatura nem sequer sabe distinguir realidade de ficção…

    6. Mas, você gosta de sofrer com problema dos outros… (o que você diz)
    —- Cuida da tua própria vida! (o que ela percebe)

     

    7. Isso não pode ficar para mais tarde (o que você diz)
    —- Tenho coisas realmente importante para tratar ok?????

    Quero todavia deixar claro, que o facto de ter admitido que as mulheres e homens têm  modos de ver, pensar, estar e agir diferentes nada tem a ver com a questão “direitos iguais”, porque dizer, que pessoas que pensam, comportem-se ou ajam de maneira diferentes não merecem direitos iguais, seria a mesma forma de dizer que brancos e negros não se devam misturar ou que homossexualidade seja uma doença. São teorias, ultrapassadas, machistas e preconceituosas. 
    O facto de homens e mulheres serem seres distintos, apenas complementa num aquilo que falta noutro, não atrapalha nem substitui… E é essa a graça e beleza da magnitude do trabalho de Deus.

     

    Leia Mais em Jovensdabanda.platinaline.com 


     

    Com Amor

    Ana Sofia Vieira

    Share this
    Tags

    A Bombar

    BCI Vai lançar novo produto especial para função Pública

    O processo de adiantamento salarial, que se encontra temporariamente suspenso, no Banco de Comércio e Indústria (BCI), vai ser retomado a partir de Junho...

    “BCI Lança Nova Identidade para Melhor Servir Clientes Angolanos”

    Com o lema "Mudamos por si", o BCI, o primeiro banco comercial no período pós-independência de Angola, passa a contar a partir desta segunda-feira...

    Nelo Jazz lamenta falta de programas educativos na TV: “Não há nenhum programa de educação”

    O veterano ator Nelo Jazz, conhecido pela sua inesquecível interpretação como Papá Ngulo, lamentou recentemente a ausência de programas educativos na televisão, especialmente no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto