- Publicidade -

More

    Candy Factory Angola recebe a visita do Ministro da Economia e Planeamento

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Candy Factory Angola, a nova fábrica de confeitaria de açúcar em Angola, prepara-se para entrar no mercado em breve e recebe visita dos seus stakeholders do Executivo

    A Candy Factory Angola recebeu hoje a visita do Ministro da Economia e Planeamento, Mário Augusto Caetano João, acompanhado pela Administração da ZEE, da AIPEX e do Inapem, em que foram apresentadas de perto as instalações fabris, os escritórios e o projecto traçado para o futuro breve.

    A Candy Factory Angola é uma empresa angolana, sedeada na Zona Económica Especial (ZEE), prestes a arrancar com a produção de sambapitos, rebuçados e pastilhas elásticas no mercado nacional. A fábrica está praticamente pronta para iniciar a produção e fazer chegar as suas marcas e produtos ao público angolano.

    Com uma capacidade produtiva de 6.700 toneladas ano, cerca de 15 toneladas por dia (por turno), a Candy Factory Angola já conta com um investimento superior a 15 mil milhões de Kwanzas, que materializa a aposta feita em Angola, por agentes de diferentes geografias, que juntos acreditam que Angola será uma referência da confeitaria de açúcar em África.

    Nos dois primeiros anos, pretendem gerar directa e indirectamente um total de 350 postos de trabalho, dos quais cerca de 90% serão nacionais. A “Candy Factory Academy” vai garantir a formação e capacitação multidisciplinar e continua dos seus quadros, dando formação técnica e comportamental.

    Raquel Capitão salientou que “profissionais bem preparados, com uma liderança aspiracional e um enquadramento justo de avaliação e condições de trabalho, dão lugar a pessoas mais relevantes para a empresa, para o negócio, para si próprios e para as suas famílias e, por conseguinte, para o país.” “Precisamos de ter pessoas enquadradas no espírito de missão, comprometidas, orgulhosas e felizes com o que entregam – as pessoas têm de ser chave integrante deste sonho como um todo.”.

    Foram apresentadas as marcas, com os lançamentos agendados para breve, que, para além de marcas divertidas, vibrantes e atrevidas, terão voz activa junto das comunidades mais jovens, com vertentes educativas, pedagógicas e de responsabilidade social. “Marcas que prometem vir para ficar e dar que falar!”

    A Candy Factory Angola não é o primeiro player no arranque da indústria, mas é o único que está a desenvolver e produzir marcas 100% Angolanas, pensadas por Angolanos para os Angolanos.

    A Candy Factory pretende chegar ao coração dos seus consumidores, de idades e gostos diferentes, através de marcas diferenciadas, com o intuito de se tornar “O Sorriso + Doce” de Angola.

    Osvaldo
    Osvaldo
    Editor da Platina Line
    Share this
    Tags

    A Bombar

    Figuras públicas mostram-se tristes pela não convocação de Bastos Kissanga nos jogos contra Eswatini e Camarões

    Depois de conhecida a lista final de convocados do técnico Pedro Gonçalves para os próximos jogos de qualificação ao Campeonato do Mundo 2026, a...

    Santo Cézar Revela Renda Mensal de Fotógrafo Profissional: “Um Milhão por Mês”

    Por: Liliana Victor Durante o programa Dia Alegre na Platina FM, o fotógrafo Santo Cézar compartilhou detalhes sobre a realidade da fotografia em Angola, revelando...

    Malunne revela interesse amoroso por um artista da nova geração: “A pessoa sabe, falamos com frequência”

    Por: Sara Rodrigues Ao que tudo indica, a menina cresceu e está de olhos em um músico da nova geração. Sem muitos detalhes adicionais, a mais...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto