- Publicidade -

More

    Casais angolanos com problemas de infertilidade e dificuldade de procriação vão poder ser tratados no país

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A medida vai permitir a prestação de um serviço de qualidade aos casais com este tipo de problemas, evitar deslocações para o exterior do país, reduzir os encargos financeiros com as viagens e o tratamento, entre outros constrangimentos.

    Esta é uma garantia dada pela ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, quando falava à imprensa sobre a Proposta de Lei da Reprodução Humana Medicamente Assistida, aprovada esta quinta-feira, 28 de Janeiro, na primeira sessão ordinária do Conselho de Ministros.

    A Reprodução Humana Medicamente Assistida é um tratamento que envolve Inseminação artificial, fecundação laboratorial ou fertilização in vitro; diagnóstico genético pré-implantacional; injecção intracitoplasmática de espermatozoides; transferência de embriões, gâmetas ou zigotos, bem como outras técnicas laboratoriais de manipulação de gâmetas ou embriões em centros autorizados e por profissionais de saúde devidamente qualificados.

    Em Angola, estima-se que mais de um milhão de casais sofram de problemas de infertilidade. A situação é já considera pela OMS um problema mundial de saúde pública, que o Governo angolano está disposto a abraçar o desafio de ajudar os casais a resolvê-lo.

    A Proposta de Lei vai ainda ser remetida à Assembleia Nacional para a sua votação e aprovação.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Dom Caetano aborda dissabores com Carina Santos: “Se a cópia não convence, a música se esquece”

    Dom Caetano, com sua sólida argumentação, detalhou os dissabores que enfrentou com a artista Carina Santos devido à reprodução da música intitulada “Sou angolano”,...

    Banco BCS lança o seu primeiro fundo de investimento

    O Banco BCS, arrancou ontem com a subscrição de um fundo fechado especial de investimento em valores mobiliários, no valor global de 5.000.000.000 Kz. Destinado...

    Angola ocupa 4.ª posição no Ranking Africano de Futsal

    Por Helder Lourenço Após a recente realização do CAN`2024, em Rabat, Marrocos, Angola se destaca ao conquistar a quarta posição no ranking da Confederação Africana...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto