Conexão Académica e PEP Angola unem-se em prol da solidariedade em projecto de responsabilidade social 

0
61

 

Com o lema:“Conectados com amor para gerar sorrisos do amanhã”, a empresa de formação e consultoria Conexão Académica, no âmbito do seu projecto de responsabilidade social denominado Conexão Solidária, em parceria com o grupo PEP Angola, não mediram esforços e uniram-se para apoiar com bens e valores monetários o Centro Escola Santo Henrique de Ossó, que acompanha a educação de mais de mil crianças necessitadas no bairro Sapu, em Viana.

 

Durante a manhã de terça-feira, a direcção das duas empresas brincaram e confraternizaram, com as mais de mil crianças acolhidas pela escola, e em seguida foram doados roupas do grupo PEP Angola, alimentos e um cheque monetário passado em nome da Empresa Conexão Académica.

 

De acordo com a Directora Adjunta Neide Muanza, e a Administradora Executiva e Directora de Projectos Sociais da empresa Conexão Académica Carine dos Santos “é o mínimo que podemos fazer, temos que nos unir e sermos solidários. Achamos que é hora de revermos conceitos e sermos pro-activos com o próximo. Se cada um fizer algo para ajudar, o mundo será bem melhor”.

 

Segundo o Director Geral e a Directora de Recursos Humanos da PEP Angola, Maria Lucamba, que participaram do evento, “foi uma actividade no âmbito de nossa responsabilidade social e que agora contamos com nosso grande parceiro estratégico em projectos de formação e agora em responsabilidade social a Conexão Académica, e acções do género irão continuar em vários centros e lares de acolhimento”.

 

De realçar que a Conexão Académica é uma empresa de Formação e Consultoria, uma das maiores empresas do sector de formação em Angola, dedicando-se a formação e capacitação de empresas e particulares nas mais diversas áreas de formação, e tem sido a única empresa deste sector que mais se dedica, apoia e investe em projectos sociais e de responsabilidade social. O grupo PEP é o maior retalhista em África de marca única, foi estabelecida em 2011, em África, e presentemente opera comercialmente em sete países e possui actualmente mais de três mil funcionários.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments