Detidos 18 cidadãos implicados no assassinato de Padre no Huambo

0
469

Pelo menos 18 cidadãos, implicados na morte do Padre César Manuel Vaz Sacramento, de 43 anos, foram detidos pela Polícia Nacional no Huambo, esta segunda-feira, 15 de Março. Os   supostos assassinos devem ser presentes ao Ministério Público para os trâmites legais, segundo informou o Porta-voz da Polícia Nacional da província do Huambo, Martinho Kavita Satito.

O assassinato registou-se por volta das 15 horas do dia 14 de Março de 2021, na floresta da Chianga, cuja vítima foi o Padre César Manuel Vaz Sacramento, natural de S. Príncipe, afecto à congregação dos Claretianos.

Tudo deu-se quando o padre, acompanhado da Madre Nelumbo Paulina Muxinda, de 29 anos, de nacionalidade namibiana, da congregação das irmãs do Santíssimo Salvador, na rua 50, foram surpreendidos na floresta, dentro da sua viatura de marca Land Cruiser, por dois meliantes não identificados, munidos de uma pistola e uma faca, os quais abordaram o padre, solicitando-lhes os seus pertences (telemóveis e valores monetários).

Após discussão com os meliantes, um destes terá se insurgido contra o padre, tendo o outro efectuado disparo que atingiu a região toráxica (lado esquerdo), causando-lhe morte imediata.

“Ainda no local, os protagonistas violaram a madre, levaram a chave da viatura, puseram-se em fuga… Oportunamente, os órgãos operacionais desta delegação virão a público para poder trazer mais dados inerentes ao esclarecimento dos factos”, avançou Martinho Satito.

Posteriormente, a Madre pediu socorro aos populares que circulavam na zona. Entretanto, confirmou que ambos mantinham, de um tempo a esta parte, uma relação amorosa, supondo que o local já era frequentado por eles.

Depois afluíram o local entidades eclesiásticas com destaque ao Arcebispo Don Zeferino Zeca Martins.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments