- Publicidade -

More

    Entrevista Exclusiva: Karina Silva "sou muito boa dona de casa"

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    A top model angolana Karina Silva, em entrevista exclusiva á a Platina Line, fala das amibiçoes, carreira, vida pessoal e segredos de beleza, siga entrevista. 

    Platina Line: diga-nos como foi a sua infância?

    Karina Silva: Minha infância teve altos e baixos, fui uma criança que era Maria rapaz, lutava muito e gostava muito de desportos masculinos, era feia e muito magra com um corpo sem curvas totalmente o oposto do que sou hoje. Sofri buling na escola e agressões físicas por vezes. Minha mãe perdeu tudo quando fomos saqueados por um grupo de bandidos, tivemos que fugir de casa e os vizinhos acabaram de ficar com resto, então parei os estudos por um tempo e a minha mãe teve de recomeçar a vida novamente. Mas tarde tive que começar a trabalhar muito cedo. Mas também tenho momentos muito felizes, não nasci em berço de ouro, mas o pouco que minha mãe teve sempre deu para vivermos bem, participava sempre de eventos na escola e públicos, aqueles shows que a via antigamente no Karl Marx entre outros. Desde pequena viajei muito e tinha quase tudo o que queria. Contudo, não tenho trauma nenhum da minha infância apenas tive de lidar com tudo e cresci muito rápido.


    P.L: A cantora Karina Silva vem terminar a modelo ?

    K.L: Não. Não anulou na totalidade, apenas deu o primeiro lugar e passou para segundo, acho que já dei muito pela moda angolana e ate agora notei que mesmo o que eu já tenha feito por Angola vão sempre buscar os estrangeiros para tomarem conta da nossa moda e dão sempre protagonismo nos que não merecem e nem estiveram cá quando a moda nem era reconhecida e nos é que dávamos no duro. Tudo o que já fiz parece que foi posto para traz e esquecido por muitos que foram meus fãs e outros já trabalharam comigo e que hoje também já fazem moda ou já cresceram um pouco na moda e já tentam falar mal de mim por traz ou me excluir de eventos no meu próprio pais. Contudo, eu fiz o que pude pela moda mas tenho certeza de uma coisa se não fosse por mim e pelas minhas entrevistas muitos papás não iriam deixar as suas filhas serem modelos muito menos lá fora saberiam que aqui tem moda e mulheres fantásticas, pois de tanto eu trabalhar e ensinar moda em todo lado e viajar sempre com imagens de Angola e trazer informação e vice-versa a moda não estaria no que esta. Respondendo a sua pergunta eu já não sou modelo a tempo inteiro como antes como profissão mas sim levo agora como hobby e a Kasyl, a minha imagem infanto-juvenil tomou conta do meu tempo todo.

    P.L: Tem alguma coisa na moda que ainda não fez e gostava muito de fazer?

    K.S: Acho que de certa forma fiz muita coisa. Tem sim, mas agora já não vou a tempo de o fazer pois com a Kasyl o meu tempo está um pouco esgotado e tenho estado muito ocupada, mas deixo para que as novas modelos de Angola possam fazer, sempre lembrando que sim Angola tem sim top model e que revolucionou a moda angolana e não dar ouvidos a estrangeiras que só vêem cá ganhar dinheiro e sujar a nossa imagem que foi criada com muito esforço, também não deixar que nos pisem sem nos dar oportunidade de nos defender. A maioria das meninas e meninos que se tornaram e estão a se tornar modelos hoje em dia são aqueles que foram meus fãs e seguidores de moda. Embora hoje em dia não saberem dar valor ou agradecer eu deixo o caminho livre para que os mesmos cresçam na moda e possam chegar onde cheguei.

    Karina Silva

    P.L: Projectos futuros?

    K.S: Bom não quero falar muito sobre futuros projectos, pois já falei muito e só fiz pouco, pois muitas das vezes fui roubada os projectos e passada para traz. Agora no que toca a projecto só posso falar um pouco do que está a acontecer agora, bom tenho uma imagem infanto-juvenil que é a Kasyl prestes a lançar um Master Single (cd). A imagem tem sido muito bem recebida pelas crianças e jovens, mas acredito que até adultos estão a gostar do trabalho da Kasyl, pois ate agora só ouço boas coisas. Já começamos a ser contratadas para actuar em festas e shows infantis e juvenis também. Também vejo cantores a elogiar as músicas e a maneira de nos vestirmos. Kasyl sim, essa sim veio para ficar a eternidade. Se Deus quiser e sei que quer até Janeiro sairá definitivamente a boneca Kasyl, só estamos a procura de financiamento ou patrocínios quando se fala de coisas infantis fica difícil os patrocinadores levarem a sério e ajudarem.


    P.L: Fale um pouco da sua nova família (filho e noivo).


    K.S: Pois é, família é muito importante, e eu já tenho a minha própria família. Dois filhos a Helena e o Shaynne, tive separada e precipitei-me em anunciar que estava solteira por motivos que prefiro nem falar e devo um pedido de desculpas ao público e fãs, pois logo depois voltei com o meu marido (noivo). Somos noivos e vivemos maritalmente e muito felizes embora temos a nossa maneira diferente de ver as coisas, mas chegamos sempre a um consenso e resolvemos tudo entre nós embora muitos dos familiares meteram-se e tentaram opinar nas nossas vidas a gente sempre recupera. Muita gente fala e pensa muita coisa sobre ter mulher modelo, mas permita-me dizer que somos todas igualíssimas dentro de casa no que toca ser mãe e mulher. Sou muito amada pelo meu marido e pelos meus filhos, cozinho, arrumo e oriento muito bem os trabalhadores de casa. Bom para falar a verdade não é fácil ter filhos, marido e trabalhar como modelo e agora cantora infanto-juvenil, mas tenho tempo dividido e orientado para nunca faltar com nem uma das partes. Meu marido apoia-me muito na nova carreira e faz questão de lá estar pertinho sempre que vou actuar. Também é sempre o primeiro a criticar algo quando realmente não está bom o qual acontece pouco. Meus filhos estão sempre comigo menos em viagens curtas para províncias pois têm uma babá espectacular a dona Yeta que é a segunda mãe do Shaynne. Sempre que não tenho nada a fazer aproveito e faço muitos convívios em casa para juntar a família e amigos.



    P.L: Ídolos?


    K.S: Tenho muitos, mas vou apenas citar nome de dois que infelizmente já partiram. Michael Jackson amo e amarei por toda minha vida, meu amigo e mano Angélico Vieira no tempo que vivi em Portugal convivi muito com ele eu era a acompanhante dele dos casting e vi o crescimento dele tanto no mundo da moda quanto da música, linda voz, linda actuação que esse homem e menino tinha, confesso que eu sou fã ate hoje e não deixarei de ser nunca. Na moda é a Nayma…

    P.L: Dos desfiles que fez quais foram os mais marcantes e porquê?

    K.S: Todos de certa forma marcaram muito, mas o que eu guardo no coração e não tiro por nada foi em França quando desfilávamos para um show aberto e nós modelos não sabíamos que a Naome estava lá e de repente só vimos uma linda e grande mulher a sair de um outro camarim vestida de jóias de ouro e diamantes entrou na passerelle e esqueceu ou fez de propósito e saiu por frente da passarela e os estilistas passaram-se e nós querendo tirar foto com a mulher e ela já se tinha ido embora sem acabar o desfile. Foi um trabalho de loucos mas eu amei a sensação de desfilar no mesmo palco que ela. Mas mesmo assim nunca me vou comparar, Naome é Naome, somos que nem a coca cola podem vir muitas outras mas sempre falarão de nós. Pena que ela esta lá e bem reconhecida e eu aqui.



    P.L: Conte-nos um pouco das situações engraçadas que já passou em palco ao longo deste tempo de carreira?

    K.S: Uma vez eu fui a uma disco com uma peruca e depois de dançar fui ao banheiro e lá encontrei outras meninas e mulheres começaram a elogiar-me e a dizer possas és muito alta e bonita, e as outras a confirmarem que sim depois disseram entre elas essa sim é bonita e devia estar no lugar daquela magrela e careca da Karina Silva, eu não gosto diz uma e as outras sempre a confirmarem eu também não. Depois começaram a falar comigo tu és de aonde olha aquii tem uma modelo muito feia e arrogante, tu és muito mais bonita e nós lhe conhecemos e ela não chega nem na tua altura nem nos teu pés, bom eu ainda perguntei e vocês conhecem mesmo a karina? E uma deles disse: claro, eu pessoalmente já estive na casa dela e ela é isso, isso e aquilo. Eu já farta do que estava a ouvir tirei a peruca e comecei a coçar a careca de repente em 10 segundos estava eu sozinha no banheiro todas de vergonha fugiram. (Risos) achei graça, pois falar sem mesmo conhecer a pessoa. Também tem muitas outras coisas engraçadas como por exemplo eu ter perguntado as minhas primas o por quê de nunca me convidarem para ir aos casamentos ou festas e elas me responderem que eu sempre fico mais bonitas que a noiva ou que a dona da festa e tiro o protagonismo delas.

    452x192
    P.L: Está a quanto tempo trabalhando como modelo?

    K.S: Já estou há 13 anos na moda.


    P.L: Para alem das passerelles e a música o que mais lhe dá prazer de  fazer?


    K.S: Desenhar, cozinhar, fazer novas invenções, e organizar sempre convívios em casa.

    K.S: Sabe cozinhar e preparar pratos típicos da terra?

    K.S: Modéstia a parte sou muito boa dona de casa e sei cozinhar que é uma coisa doida não há quem não vá lá em casa e come tudo e goste ate dos bolos da Karina Silva que não podem faltar nas festas da família. Sei fazer pirão (funge) sem bolas.

    P.L: Quais são os cuidados que tem para não engordar e estar sempre em forma?

    K.S: Já houve tempo que não fazia nada, mas a idade não permite e depois de ter o bebé comecei a tomar mais conta da alimentação mas não resisto a um bom pirão com todos os molhos.


    K.S: Quais são os principais segredos de beleza da KS?

    K.S: Nem um segredinho, acho que até sou desleixada com a minha própria beleza.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Supermercado O Patriota Realiza Primeira Edição do Projeto Social ‘Sopa Solidária Patriótica’ e Distribui 100 Cestas Básicas”

    O supermercado "O Patriota", anteriormente conhecido como Supermercado BIG ONE Patriota, demonstrou um exemplo inspirador de solidariedade ao realizar a primeira edição do projeto...

    Casal presidencial passeia pelas dunas do Parque Nacional do Iona

         O Presidente da República andou de moto nas dunas do Parque Nacional do Iona. Um momento de descontracção com o qual lançou um...

    TAAG põe fim a acordo com Hi-Fly e volta a assegurar na totalidade voos Luanda-Lisboa

    No seguimento do plano de manutenção e recuperação da frota e, no sentido de responder melhor às necessidades do mercado e a estratégia de...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto