- Publicidade -

More

    Filho mata mãe por não lhe dar dinheiro para beber

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Stella Cortêz

    Um cidadão de 29 anos de idade, de nome Amadeu de Oliveira Amadeu, terá espancando até à morte a sua própria mãe, de 66 anos, no Distrito Urbano do Benfica, bairro Chinguar.

    Segundo o Departamento de Investigação de Ilícitos procedeu-se à detenção do cidadão em causa, e pesa sobre ele crime de ofensas graves à integridade física concorrida com homicídio.

    Os factos ocorreram quando, às 19 horas do dia 10 de Julho, Amadeu, filho da vítima, que em vida se chamava Florinda Nequenda, pediu que esta lhe entregasse alguns valores para beber com os amigos, pelo facto de esta negar-se em dar os referidos valores alegando não ter, Amadeu começou a agredir a sua mãe tendo usado um objecto contundente (ferro) o que terá causado ferimentos graves nos membros superiores e inferiores.

    Florinda Nequenda foi socorrida e levada até ao Hospital Geral de Luanda, onde acabou por falecer, às 05 horas do dia 11.

    De acordo com os dados passados por Nestor Goubel, Inspector -Chefe do Comando Provincial de Luanda, o acusado encontra-se detido e será apresentado ao Ministério Público para posteriores procedimentos criminais.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Restos mortais de Ângelo Victoriano repousam na Santa Ana

    Os restos mortais do antigo basquetebolista Ângelo Victoriano repousam, desde hoje, quarta-feira, no cemitério do Santa Ana, em Luanda. Ângelo Victoriano, o segundo angolano a...

    Coca-Cola e Química Verde levam água potável à província do Bengo com Biofiltros

    Por Sara Rodrigues Fotógrafo: Joaquim Manuel A Coca-Cola, em parceria com a Química Verde, implementou nesta quarta-feira, 17 de abril, uma iniciativa para proporcionar água potável...

    “O mundo não aprecia coitados nem perdedores”, diz Teresa Sara

    A atual Miss Angola Internacional, Teresa Sara, deixou um conselho para as jovens que a veem como modelo. Em sua abordagem, aconselhou-as a lutar...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto