Filme Ar Condicionado entre os nomeados no maior festival de cinema africano

0
131
A primeira longa-metragem de ficção, realizada por Fradique e com a produção da geração 80, AR CONDICIONADO é um dos 17 filmes nomeados para o Prémio Principal da 27ª edição do FESPACO, maior festival de cinema africano, que acontece todos os anos em Ouagadougou, capital do Burkina Faso, com curadoria de Alex Moussa Sawadogo.
                           
A decorrer de 16 a 23 de Outubro, o FESPACO 2021 faz parte da necessidade imperativa de continuar a bela e única aventura artística e humana que o Burkina Faso tem vindo a se esforçar por oferecer ao mundo sem suspender, há mais de 50 anos, independentemente das mudanças políticas.
                                       
AR CONDICIONADO, filme que espelha uma jornada entre mistério e realidade, uma crítica sobre classes sociais e como as pessoas vivem em conjunto nas esperanças verticais, no coração de uma cidade que é passado-presente-futuro, está nomeado na categoria oficial do festival de filmes de ficção mais proeminentes de todo o continente, que serão objectos de discussões e debates, com a presença confirmada do realizador Fradique e do produtor Jorge Cohen, que vão participar do evento à convite da organização do festival.
A categoria em que o filme concorre é uma tentativa de oferecer uma visão mais ampla do cinema, presente e futuro do continente africano e da sua diáspora, proporcionando uma oportunidade para o público compreender, identificar-se e projectar a si próprio.
Lançado em Fevereiro de 2020 no International Film Festival Rotterdam, AR CONDICIONADO já foi premiado como Melhor Longa Metragem do Luxor African Film Festival 2021 (Egipto), Melhor Ficção no Arquitecturas Film Festival Lisboa 2021 (Portugal), Melhor Longa-Metragem de Ficção no International Film Festival Innsbruck 2020 (Áustria), Melhor Filme no Imagine Science, Film Festival 2020 (Estados Unidos de América) e Filme do Ano do African Studies Association, (Estados Unidos de América), e já foi exibido em mais de 40 festivais em países como Kenya, China, Estados Unidos da América, Índia, Espanha, Austrália e Lituânia, entre outros.
Por: Stella Cortêz
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments