- Publicidade -
Início* Ecologia e Meio AmbienteFord preocupada com a gestão da água no planeta

Ford preocupada com a gestão da água no planeta

- Publicidade -
Ford aponta a escassez de água como uma tendência crescente e cada vez mais influente.

Medidas de poupança de água aplicadas pela empresa a nível global têm permitido economizar milhões de litros.

A Ford elegeu a conservação da água e o incremento de medidas globais para a poupança de água como um dos pilares centrais da sua missão verde a nível internacional. A protecção e gestão dos recursos hídricos da Terra é um tema importante para a empresa fabricante de automóveis que assumiu o compromisso, há mais de uma década, de diminuir a sua pegada de água.

 

“Graças à adopção de medidas de poupança de água em todas as suas instalações a nível mundial, a empresa conseguiu reduzir o consumo de água em todas as áreas, desde as torres de refrigeração às operações de pintura, de que resultou uma redução do consumo em 62% entre 2000 e 2012. Isto é, uma economia de 40,1 milhões de litros”, explica Todd Walton, responsável de qualidade ambiental da Ford Motor Company para a região da Ásia-Pacífico.

 

Walton sublinha igualmente a estratégia recém- anunciada pela Ford no domínio da água e exemplifica como é que a adopção de tecnologias pioneiras e uma gestão eficiente da cadeia de abastecimento estão a permitir poupar água em algumas das regiões mais áridas do planeta. A fábrica de motores e de montagem de veículos de Chennai, na Índia, por exemplo, descarrega hoje zero de efluentes e recicla toda a água para reutilização no processo produtivo.

 

Também na fábrica de motores que a Ford detém em parceria com a marca chinesa Changan e na recém-inaugurada fábrica de transmissões em Chongqing, a maior cidade no Sudoeste da China, uma nova técnica chamada “Quantidade Mínima de Lubrificante” reduz drasticamente a refrigeração e utilização de água comparativamente com os métodos tradicionais de produção. Para uma linha de produção de 450 mil motores, esta tecnologia economiza cerca de 1,1 milhões de litros de água por ano.

 

O complexo de montagem de veículos Silverton, em Pretória, na África do Sul, onde é produzido o Ford Ranger, instalou igualmente um novo sistema de tratamento de águas residuais em 2012. Esta instalação é capaz de tratar toda a água utilizada diariamente na fábrica em apenas oito horas, permitindo reutilizar cerca de 20% daquela água em processos industriais.

 

“A Ford tem vindo a crescer em muitas áreas do globo onde o acesso e a disponibilidade de água são uma preocupação”, diz Todd Walton. “ Deste modo, estamos a trabalhar activamente nessas regiões para ajudar os habitantes locais a terem acesso a água potável. Na Índia, lançámos projectos para instalar filtros de água em infantários e escolas primárias administradas pelo Governo localizados perto das nossas fábricas. Estamos também a desenvolver campanhas de sensibilização para a importância de dar água potável às crianças.”

 

A África do Sul tem igualmente beneficiado com o compromisso assumido pela Ford para a utilização de água potável na África Subsaariana. Em 2013, por exemplo, a companhia instalou uma bomba de água na Escola Primária de Thipe, a norte de Pretória. O sistema utiliza um carrossel giratório para as crianças, que bombeia água de um poço à medida que gira e leva a água potável tão necessária à comunidade local.

 

A Ford ficou classificada em primeiro lugar no ranking das Melhores Marcas Verdes a nível global, criado pela consultora Interbrand e pela empresa de auditoria Deloitte. A distinção reconhece o compromisso da Ford ao nível da conservação da água e elogia a sua transparência ao abordar a questão dos recursos hídricos nos processos de produção. A companhia anunciou entretanto que reduziu o consumo de água desde 2009 por veículo em 30% a nível global, dois anos antes do previsto.

 

A escassez de água é um problema crescente em todo o mundo. Mais de 780 milhões de pessoas vivem sem acesso a água potável. Doenças provocadas pela ingestão de água contaminada e pela falta de saneamento básico matam mais pessoas anualmente do que todas as formas de violência, incluindo a guerra. A Ford acredita que repensar a forma como nós valorizamos a água e expomos o seu uso na indústria é um primeiro passo crítico na redução das tensões e na salvaguarda do abastecimento futuro do precioso líquido.

 

Sobre a Ford Motor Company:

 

A Ford Motor Company, um líder mundial no sector automóvel, com sede em Dearborn, Michigan (Estados Unidos), fabrica e distribui automóveis em seis continentes. Com cerca de 186.000 colaboradores e 65 fábricas a nível mundial, as marcas de automóveis da empresa incluem a Ford e a Lincoln. A empresa presta igualmente serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para saber mais sobre a Ford e os seus produtos, consulte www.corporate.ford.com.

 

Sobre a Robert Hudson:

 

A Robert Hudson, representante oficial da Ford em Angola, iniciou a sua actividade no mercado angolano em 1926 e é, de todas as empresas de automóveis, a mais antiga e prestigiada, mantendo-se fiel aos seus padrões tradicionais de crescimento, solidez, confiança e responsabilidade, primando por manter uma relação estreita com os seus clientes. A Robert Hudson tem mais de 200 colaboradores e em 2013 vendeu 3.000 automóveis Ford, tendo facturado 150 milhões de dólares. Desde 2012, é líder de mercado no importante segmento das “pick-up”, com o modelo Ranger. Actualmente , assegura uma cobertura de 65% do território angolano, estando presente em Luanda, Lobito, Benguela, Malange, Lubango, Namibe, Huambo, Cubango, Bié, Moxico e Cabinda. A Robert Hudson é uma empresa do Grupo Salvador Caetano desde 1990.

 

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments