- Publicidade -

More

    Fortuna de Michael Jackson cresce 5 anos após a sua morte

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Assinala-se hoje (25) o quinto aniversário da morte Michael Jackson.  Se pouco antes de morrer o cantor atravessava um período de dificuldades financeiras ameçando a falência, cinco anos depois da sua morte, Michael Jackson alcançou mais de 700 milhões de dólares de receita (cerca de 415 milhões de euros).

    De acordo com um novo livro sobre o artista, «Michael Jackson Inc.», a empresa Michael Jackson Estate ¿ que administra os bens do falecido cantor em nome da sua mãe e dos seus três filhos, tem feito as receitas florescerem.

    O filme «This is it», o acordo com a Sony, os contratos com o Cirque du Soleil para o espetáculo «Michael Jackson The Immortal World Tour» e para um show permanente no hotel casino Mandalay Bay, em Las Vegas, o «Michael Jackson One», são algumas das fones de receita apontadas.

    O autor, Zach Greenburg, refere ainda o sucesso do regresso de Jackson aos palcos no mês passado como um holograma durante a entrega dos Billboard Awards, em Las Vegas.

    «Independentemente de onde descansa o espírito do Rei do Pop, uma coisa é clara: a empresa Michael Jackson Inc. está viva e bem», diz o autor.

    Michael Jackson, em 5 de março de 2009

    Dívidas e julgamentos

    Suas finanças foram reestruturadas e seus dedicados fãs ainda o idolatram, mas estes cinco anos têm sido uma provação para a família Jackson, que teve que superar a perda do artista e que já levou à frente dois julgamentos sobre a sua morte súbita.

    O primeiro foi o processo criminal contra o Dr. Conrad Murray, que administrou uma dose letal de propofol em Jackson como tratamento para a insônia sofrida pelo artista.

    Murray foi condenado em 2011 a quatro anos de prisão por homicídio culposo, mas saiu em outubro do ano passado, depois que sua sentença foi reduzida por bom comportamento.

    Em 2013 veio o julgamento civil que a matriarca do clã Jackson, Katherine, empreendeu contra a promotora AEG Live, com quem Jackson faria uma turnê mundial, que ela acusou de negligência por contratar os serviços de Murray.

    A justiça declarou o médico competente e isentou a promotora de responsabilidade

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto