Governo cria passe social para transportes urbanos colectivos

0
182

O passe social nos transportes urbanos colectivos será introduzido até ao final deste ano, anunciou, esta sexta-feira, o ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu.

Ricardo de Abreu falou à imprensa no final de visita do vice-presidente da República, Bornito de Sousa, ao centro de controlo operacional dos transportes e mobilidade da província de Luanda, criado no âmbito da modernização dos transportes públicos a nível nacional.

De acordo com o governante, o Executivo decidiu manter a tarifa nos autocarros públicos a 50 kwanzas até ao final do ano, altura em que será introduzido o passe social segmentado.

Disse que a segmentação vai adoptar uma tarifa para abranger as camadas jovens, idosos, veteranos da pátria, pessoas com mobilidade reduzida e grávidas e outra normal para o resto da população.

Afirmou que a introdução do passe social e do bilhete regular de passageiros, com tarifa real, permitirá maior sustentabilidade dos operadores e a renovação das frotas.

Acredita que em breve, com o sistema integrado de bilhética e o novo regime tarifário, responder a dinâmica da mobilidade associada ao crescimento populacional.

Informou que Luanda tem perto de 650 autocarros podendo chegar a 800 até Junho/Julho, avanço que considerou significativo tendo em conta que a capital sai de um cenário de perto de 200 autocarros.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments