Hip Hop de 1988 a 2022 em Angola, segundo Sixckim

0
292

Segundo o artista Sixckim, a nossa maior riqueza em Angola são as pessoas, o tempo é uma energia não renovável, assim como os momentos únicos da vida. A lista abaixo tem um dos maiores acervos da música angolana. Leia e viaje no tempo com estas lindas efemérides separadas em 5 décadas, de 1988 a 2022, relembradas pelo magnífico Sixckim.

DÉCADA DOS ANOS 80

(1) Década 80 – Paulo Kumba, e amigos (provavelmente o Robot Street) apresentam ao grande público o Break-Dance no maior show em Luanda no Cine KarlMax.
(2) Década 80 – Programa Yo! Mtv Raps dos EUA influencia Sixckim (1988) que já assistia diáriamente o canal de música MTV a escrever músicas.
(3) Década 80 -Sixckim (14 anos) colabora com a Professora Rosa Roque e professor Sacaneno em evento infanto-juvenil de música e dança organizado em Brazaville pelo seu pai que era Adido Cultural na embaixada de Angola.

DÉCADA DOS ANOS 90

(4) Década 90 – Sixckim partilha momentos de Jam Session (improvisos) e freestyles em Luanda com a Ebony Squad no Largo Serpa Pinto, Sianouk da Martal na Maianga, Os Afroman (Mumú) no Alvalade, Os Zippy no Martires, Os Duplo V na Terra Nova e Bairro Popular, Mavy Man na Marginal. Tudo isto andando a pé.
(5) Década 90 – Destaca-se o grupo GC unity(Ghetto & city Unity) com Kool Kleva Prince Wadada e Gangsta Du.
(6) Década 90 – Grupo SSP (Big Nelo, Djeff Brown, Paul G, Kudi) torna-se no primeiro grupo main-stream international angolano com o projecto 99% de Amor.
(7) Década 90 -Mr Paul o produtor musical formado em Cuba grava as músicas da maior parte dos rappers angolanos no bairro da Terra Nova.
(8) Década 90 – Miguel Neto passa a apresentar o programa Televisivo de música internacional Explosão Musical na TPA (Televisão Popular de Angola) e passa novidades de Rap dos EUA e outros países.
(9) Década 90 -Realização de encontros e ensaios de Rap no prédio do Rio Seco na Maianga com Sixckim, Yuri Fantomas, Cláudio e mais outros…
(10) Década 90 – Grupo Duplo V (Udibudgi e Debate Bee) cria a primeira música de intervenção social (Economia) e o primeiro grande projeto musical entre Rappers e cantores de Semba. É um record que ainda não foi superado.
(11) Década 90 – Grupo Conciência Activa destaca-se como o primeiro grupo a cantar Rap em kimbundo.
(12) Década 90 – Eliei destaca-se como B-Boy em Benguela no grupo RANGERS
(13) Década 90 – Rapper Nina Harley destaca-se entre várias mulheres como uma das primeiras a fazer Rap em Angola.
(14) Década 90 – Ngadiama Wakanbasonhe e Mestre Nanhi Wamguimono destacam-se como fundadores do grupo Pobres 100 Culpa.
(15) Década 90 – São organizados vários encontros entre rappers nos bairros da Maianga, Palanca, Cazenga e outras partes de Angola.
(16) Década 90 – Rapper Sixckim passa a fazer freestyles nas ruas de Luanda a pé, percorrendo os bairros da Maianga, Cassenda, Prenda, Katambor, Shaba, Ingombota, Bairro Azul, para qualquer grupo de pessoas na rua e nas filas (bichas) de clientes nas padarias.
(17) Década 90 – Hochi Fu réune vários rappers na Maianga e torna-se mentor dos mesmos como o rapper Makas e outros…
(18) Década 90 – Atitude T destaca-se como membro fundador do grupo Soldados de Rua.
(19) Década 90 -Mr Paul organiza um dos maiores shows de HipHop em frente ao instituto Makarenco em Luanda usando como palco um atrelado de camião. Sixckim esteve presente.
(20) Década 90 – São organizados encontros de rappers na Vila-Alice no quintal da casa do produtor Nel-B, alguns encontros coordenados pelo Rasta Dread Josef. Sixckim esteve presente.
(21) Década 90 – Rapper Jaja Pessoa aperfeiçoa o uso do flow no Rap em Angola
(22) Década 90 – Grupo Anonimaz cria programa de Rap a Éra do HipHop na Rádio LAC.
(23) Década 90 – Artísta Simimi Ni Moyo destaca-se no Rap-game como artísta multifacético
(24) Década 90 – Alguns poucos membros da comunidade Rasta criam mais intercâmbios com a comunidade HipHop com palestras, promovendo conhecimento sobre África, a leitura, alimentação vegetariana mais saudável e recrutam novos membros.
(25) Década 90 – Primeiro grande debate de Rap na rádio, entre os grupos SSP e Anonimaz.
(26) Década 90 – Grupo Zippy (adolescentes de +/- 14 e 15 anos) composto por (27) Dabullz e Djezza destaca-se na TPA com as músicas Abracadabra e Menor Abandonado, tendo como mentor o rapper Nel Boy Dastha Burtha
(28) Década 90 – Rappers Eugénio, Nekruma Beia, Sixckim criam o grupo Os Quimicos. Sixckim conhece Nkuma Beia por intermédio do seu vizinho Cláudio enquanto ensaiavam Rap no terraço do prédio do Cláudio em 1995.
(29) Década 90 – Rapper Lindo Bucha do Bairro Azul destaca-se como co-fundador do grupo Os Delícias.
(30) Década 90 – Rappers Gutto, Makkas, Bambino e Dj KJB, destacam-se como fundadores do grupo Black Company e com o grande projecto Rapública.
(31) Década 90 – Cantor Eduardo Paim criador do subgênero musical Kizomba canta Rap na música Rosa Baila.
(32) Década 90 – Mavy Man destaca-se como produtor excelente. Sixckim conhece Mavy Man por intermédio do rapper Eugénio dos Delicias.
(33) Década 90 – Mondlane destaca-se como rapper em Luanda.
(34) Década 90 – Produtor Bruno de Castro dinamiza a produção da música moderna em Angola usando material de alto padrão na altura.
(35) Década 90 – Grupo Esquadrão 8 torna-se popular no seio da juventude angolana com a música Põe a mão no Ar.
(36) Década 90 – Rapper Eliei inventa a TARRAXINHA em 1997.
(37) Década 90 – Grupo SSP destaca-se novamente e com o projecto Odisseia
(38) Década 90 – Cantora Sweet Mary da zona do CODEM (Maianga) destaca-se como corista dos SSP. Sixckim conhece Sweet Mary por intermédio do rapper Mateus o irmão menor da cantora.
(39) Década 90 – Lord Mobacare destaca-se como co-fundador e produtor do grupo Killa Hill na África do Sul
(40) Década 90 – Heavy C destaca-se como produtor em Angola
(41) Década 90 – Nkruman (Anonimaz) destaca-se como produtor. Sixckim conhece Nkruman por intermédio do rapper Eugénio dos Delicias no bairro Alvalade.
(42) Década 90 – Eliei destaca-se novamente e como produtor (criador do primeiro grupo de Rap em Benguela)
(43) Década 90 – Rapper Negro Bué destaca-se como co-criador do projecto ABXTRATO com o seu grupo (NSPJ), Cross Digga (Anonimaz), Heavy C.
(44) Década 90 – Grupo Killa Hill actua no concurso de Miss comunidade Angolana da na África do Sul em Joanesburgo com Manjary, Lord Mobacare, Sixckim, Ali Baba, Yuri Smallz. Foi o primeiro grupo angolano a participar de um evento oficial na África do Sul. Sixckim conhece os Killa Hill por intermédio do seu colega e amigo René Correia e do rapper Kieza em Joanesburgo em 1998.
(45) Década 90 – Rapper Abdiel destaca-se como co-fundador do grupo Os Absolutos com Corleone e Ruzenox em Angola.

DÉCADA DOS ANOS 2000

(46) Década 2000 – Dj Ti Pilades, Kessy Kelly e Moisés Luis tornam-se nos maiores impulsionadores do Rap-game nas Rádios em Angola. Dj Ti Pilades é primo do rapper Sixckim.
(47) Década 2000 – Música de Sixckim “Vida Urbana” com Videoclipe filmado na África do Sul muda para sempre a métrica e a escrita do Rap feito em Angola.
(48) Década 2000 – Sixckim lança o grande projecto álbum Luz E Som (em 2001) com participação de Mizchief (Zimbábue), Prototype (Angola), Vernon (África do Sul), Mella (Moçambique), produtor Ivo Dos Ramos (Portugal).
(49) Década 2000 – Grupo Click LV com Yuri Fantomas, Lil G e outros destaca-se no Rap-game. Yuri Fantomas é primo da parte de pai do rapper Sixckim.
(50) Década 2000 – Rapper Exkal Shyne (Mr. Enigma) destaca-se a partir da Maianga como membro fundador da Rowm Squad, da Infinite Crew e com o projecto O Diário. O irmão mais velho do Exkal Shyne o Tó Zé é contemporâneo do rapper Sixckim.
(51) Década 2000 – Criação de novo grupo Os Puro Style é a fusão de dois grupos SSP e os O2 (antigo NsexLove).
(52) Década 2000 – Grande show de Puro Style em Braamfontein na cidade de Joanesburgo(África Do Sul), com convidados especiais Sixckim e o grupo Killa Hill.
(53) Década 2000 – Show alusivo ao dia da independência de Angola organizado por DJ MALVADO em Pretória (África Do Sul), com convidados especiais o rapper Sixckim e o grupo Killa Hill. Dj Malvado e Sixckim conheceram-se no Cyber Café do Didos em Pretória quando a música Vida Urbana estava tocando o Dj Malvado perguntou de quem era a música e o Didos apresentou os dois.
(54) Década 2000 – Concurso de Miss comunidade Angolana na África do Sul em Pretória na presença do Embaixador de Angola, com convidados especiais Sixckim, Chobi, Tchissica, Killa Hill…
(55) Década 2000 – Novo programa de Rap criadoꓽ Big Show Cidade com Big Nelo, Phather Mack, Kool Kleva, Disco B… Sixckim conhece Big Nelo (1996) na Zona verde da Maianga quando estava a caminho do PUNIV aonde os dois estudavam.
(56) Década 2000 – Novo programa de Rap apresentado pelo Jornalista Paulino Mendes na rádio nacional.
(57) Década – 2000 Grupo Genesis (Action Nigga e Punidor) torna-se mais conhecido com campanhas de sensibilização na TPA. Os Genesis conheceram Sixckim por intermédio do jornalista Paulino Mendes que na altura tinha um programa de Rap.
(58) Década – 2000 O grupo MESS (Sílvio, Sayene, Áurio) rompe barreiras com um álbum de qualidade produzido em Portugal pela No Stress de Gutto e Boss AC e quebra o domínio comercial em Angola da editora Vidisco com o grupo SSP. Os MESS conheceram Sixckim em Joanesburgo por intermédio de Lord Mobacare que era o produtor do grupo Killa Hill na altura.
(59) Década 2000 – Grupo Warrant B destaca-se com o projecto Perfil Adequado
(60) Década 2000 – Grupo KillaHill anima as ruas em Angola com novo projecto 1° Episódio
(61) Década 2000 – Rapper Grande L (Leonardo Wawuiti) lança o projecto Basicamente Simples com a participação de Sixckim na música Briza. Grande L conhece Sixckim na Maianga (1995), viviam no mesmo bairro.
(62) Década 2000 – Primeiro grande show dos MESS um dos maiores e mais simbólico Show de Rap no Cine Karl MAX o artísta escolhido para fazer a abertura do SHOW (organizado pelo Kayaya) foi o rapper Sixckim. (Obrigado MESS !)
(63) Década 2000 – Army Squad destaca-se no Rap-game com a música Os Amigos
(64) Década 2000 – Army Squad investe mais qualidade nas músicas com o engenheiro sul-africano Mike e promove a noção de masterização a mais artístas angolanos. Na altura o Eliei era a única grande referência de mistura e masterização em Angola, continuou tendo sucesso e trabalho.
(65) Década 2000 – Rapper Guardilha que vivia no mesmo prédio aonde vivia o Sixckim, destaca-se nas ruas da Maianga. O seu irmão mais velho Ouvido é o contemporâneo de Sixckim.
(66) Década 2000 – Rapper Kadaf (Kallibrados) destaca-se nas ruas da Maianga forma laços de amizade com Guardilha. A casa da mãe do Kadaf é a frente do prédio do Sixckim no lado oposto da estrada.
(67) Década 2000 – Rapper B Weizer que era vizinho de Sixckim, destaca-se nas ruas da Maianga. O seu primo mais velho Vasco é o contemporâneo de Sixckim.
(68) Década 2000 – Rapper Tuly que era vizinho de Sixckim, destaca-se nas ruas da Maianga. O seu mais velho Vasco é o contemporâneo de Sixckim.
(69) Década 2000 – Rapper Obie (Zona 5) destaca-se nas ruas da Maianga e tem uma relação de amizade com Guardilha, B Weizer,Tuly e Girinha.
(70) Década 2000 – Rapper Girinha destaca-se (ajuda de Kadaf dos Kallibrados) com o lançamento do projecto Ressurreição na Maianga no campo de basket do Orlando Magic localizado no prédio aonde vivia o rapper Sixckim. O irmão mais velho o Aureo (grupo MESS) é o contemporâneo de Sixckim.
(71) Década 2000 – Rapper Donna Kelly destaca-se com projecto Salve-se Quem Puder e a música Full Time.
(72) Década 2000 – Organização do primeiro grande show da produtora Bué D’Beats.
(73) Década 2000 – Marita Venus é a primeira grande rainha do Rap-game Mainstream angolano, mas abandona subitamente os palcos.
(74) Década 2000 – Rapper Negro Bué destaca-se novamente e com a música Um Beijo.
(75) Década 2000 – Rapper Gomez torna-se na fébre musical mais rápida com a música Levanta o Som (com Sandocan) e o projecto Vêem me Agora.
(76) Década 2000 – Aires no Beat destaca-se como produtor de Anselmo Ralph em dois projectos do mesmo, lança o artísta Mylson, produz para Zona 5, Killa Hill, Nsoki e muitos mais…
(77) Década 2000 – Agente e promotor Sinídio destaca-se como um dos melhores agentes de músicos em Angola. Foi o agente que acompanhou Anselmo Ralph na África Sul para gravação do primeiro álbum. Passaram necessidades juntos e triunfaram.
(78) Década 2000 – Grupo Wonderfull One destaca-se com o projecto Polémica
(79) Década 2000 – Phather Mack destaca-se novamente e com o projecto Sangue, Suor e Lágrimas
(80) Década 2000 – Nguabi Montel (Gingas do Maculusso) destaca-se como produtor multifacético, co-produz com Aires no Beat a música Super Homem de Anselmo Ralph, produz para Heavy C, Sandocan, Sixckim e muitos mais…
Nguabi Montel e Sixckim formaram laços de amizade em Pretória na África do Sul enquanto eram estudantes.
(81) Década 2000 – Rapper Sandocan destaca-se novamente e com o projecto Tubarão Branco
(82) Década 2000 – Casa Blanca de Riquinho dinamiza o formato de pagamentos aos músicos com divisas e valores altos jamais vistos antes.
(83) Década 2000 – Negro Bué destaca-se novamente e com a editora So Much More
(84) Década 2000 – Grupo Hemoglobina (Mad Contrário & Denéxl) destaca-se com o projecto Alegrias & Tristezas.
(85) Década 90 – Artísta Simimi Ni Moyo destaca-se novamente e na música Grande Dia de Phather Mack
(86) Década 2000 – Loromance destaca-se como cantor de reggae e participa em músicas de rappers angolanos.
(87) Década 2000 – Freestyles e rompimentos se intensificam pelas ruas e escolas.
(88) Década 2000 – Freestyles dos alunos do Mcarenco e outros institutos passam a incluir ciência e pedagogia nas rimas.
(89) Década 2000 – Rapper Bruno M deixa de cantar Rap e faz a transição para o Kuduro
(90) Década 2000 – Rapper Abdiel destaca-se novamente e com projectos de mixtapes e participações, ao lado de Extremo Signo, Reptile e Piracknideo.
(91) Década 2000 – Música Kalibre 58 muda o Rap-game, o grupo Kalibrados torna-se mais popular, promove a moda e o Luxo do Bling.
(92) Década 2000 – Rapper Sixckim grava segundo álbum, mas sofre boicote, as músicas foram extraviadas de propósito pelos proprietários angolanos do estúdio na Africa do Sul (16 músicas). Entregaram vária vezes discos com dados falsos confirmando que era o projecto do Sixckim para masterizar.
(93) Década 2000 – Grupo Kallibrados destaca-se com o projecto Negócio Fechado
(94) Década 2000 – Mc Laton e Negro Bué dinamizam a arte de vestir e a moda no HipHop.
(95) Década 2000 – Movimento Horrorcore ganha corpo com impulso de Raf Tag
(96) Década 2000 – Raf Tag passa a conhecer Sixckim e apresenta o mesmo para o DH nos estúdios da produtora X10. Raf Tag e Sixckim deslocavam-se de taxi azulinho juntos.
(97) Década 2000 – Mck se destaca no cenário do Rap com o projecto Trincheira de Ideias.
(98) Década 2000 – Rapper Tetembwa abandona o Rap e torna-se Monge vivendo em templos.
(99) Década 2000 – Blog da madtapes ganha destaque e seguidores
(100) Década 2000 – Site da Hipflicks ganha destaque e seguidores
(101) Década 2000 – Site Noticiario-periferico ganha destaque e seguidores
(102) Década 2000 – Blog Lusohiphop do Kratos (Irmao mais velho do CFK) ganha destaque e seguidores
(103) Década 2000 – Blog do Sixckim ganha destaque e seguidores
(104) Década 2000 – Blog do Dinocross ganha destaque e seguidores
(105) Década 2000 – Blog diplomaticos4life ganha destaque e seguidores
(106) Década 2000 – Blog do cenasquecurto ganha destaque e seguidores
(107) Década 2000 – Blog da mcmatita ganha destaque e seguidores
(108) Década 2000 – Blog hiphopangolanoganha destaque e seguidores
(109) Década 2000 – Programa Big-Show cidade da rádio Luanda cria concurso de freestyles com a presença de Dr Flow, Refogado de Arroz, Mc Lacrimogénio, Dr Romeu, Vui Vui, Dmage Mc, Megga Fofo e muitos mais…
(110) Década 2000 – DH (X10) destaca-se como produtor no bairro do Cassenda
(111) Década 2000 – Raiva destaca-se como produtor e conhece Sixckim por intermédio dos responsáveis do site Hipflicks.com.
(112) Década 2000 – Patriarca destaca-se como produtor. Patriarca conhece Sixckim por intermédio de Raf Tag no bairro Vila Alice.
(113) Década 2000 – Dji Tafinha destaca-se como produtor e conhece Sixckim por intermédio de Patriarca na Vila Alice na casa do produtor.
(114) Década 2000 – Kid Mau destaca-se como produtor e produz para Yannik Afroman e Sixckim.
(115) Década 2000 – Yamero da Killa Weed Gang destaca-se como produtor. Produz para Sixckim o sucesso Papi Mami.
(116) Década 2000 – Dj Samurai (Mad Tapes) destaca-se como produtor e conhece Sixckim em Pretória por intermédio do produtor Underground Jessíca. Dj Samurai produz duas músicas para Sixckim.
(117) Década 2000 – Rapper Mad Contrário destaca-se como produtor e conhece Sixckim por intermédio de DH na X10.
(118) Década 2000 – Mc Laton (Kallibrados) destaca-se ainda mais como produtor
(119) Década 2000 – Ricardo 2R destaca-se como produtor e conhece Sixckim por intermédio de Balta P (ano 2009).
(120) Década 2000 – Eliei destaca-se novamente e como produtor
(121) Década 2000 – Elinga Teatro torna-se no palco mais concorrido para eventos de HipHop, muitos foram organizados pela MadTapes de Dj Samurai.
(122) Década 2000 – Keita Mayanda destaca-se com o projecto O Homem e o Artísta
(123) Década 2000 – Lukeni Fortunato e Kool Kleva criam o projecto Ecletismo Poético e
animam as noites de Rap no Espaço Baía. Lukeni Fortunato e Sixckim conheceram-se em Pretória na África do Sul por intermédio de Grande L (Leonardo Wawuti do conjunto Ngonguenha)
(124) Década 2000 – Yannick Afromen bate records de venda no cine Atlântico em Luanda e cria o maior show do Rap-game de todos os tempos com filas de fãs para comprar ingressos saindo do Estádio dos Coqueiros até a universidade Luziadas.
(125) Década 2000 – Rapper Lancelot destaca-se com o projecto bastante antecipado Alter Ego, que acabou por não ser lançado infelizmente. Sabemos que não foi apenas por culpa do artísta.
(126) Década 2000 – Rapper Edu Zp destaca-se em projectos de vários artístas como Kool Klever, Keita Mayanda…
(127) Década 2000 – Kláudio Bantu cria a organização Universidade HipHop. Kláudio Banto conhece Sixckim no bairro Alvalade por intermédio do produtor Raiva em (2005).
(128) Década 2000 – Rapper CMC destaca-se no Rap-game. CMC conhece Sixckim por intermedio de Raf Tag.
(129) Década 2000 – Rapper Dji Tafinha destaca-se com a música Ela Só Dá Bandeira
(130) Década 2000 – Conjunto Ngonguenha (Keita Mayanda, Ikonoklasta, Leonardo Wawuti, Condutor) destaca-se com o projecto Ngonguenhação.
(131) Década 2000 – Sixckim passa a colaborar no programa Eclético FM da rádio Escola com Lukeni Fortunato, Kool Kleva e Dj Djeff, fazendo as melhores abordagens sobre HipHop e a actualidade.
(132) Década 2000 – Rappers Uncle P aka Piraknideo e Celder destacam-se formando o grupo POLIVALENTES aka Teachers do Flow e com a música Teachers do Flow.
(133) Década 2000 – Grupo de Rap Os Supremos destaca-se com a música Fala Miúda feat. Anselmo Ralph. Sob a responsabilidade de Hochi Fu.
(134) Década 2000 – Rapper Cage One destaca-se com o projecto Angola Dream Boy
(135) Década 2000 – Rapper Sixckim leva Kláudio Bantu a rádio Escola para apresentar ao mundo a organização Universidade HipHop pela primeira vez.
(136) Década 2000 – Grupo Zona 5 destaca-se mais no Rap-game com o projecto Tapete Vermelho.
(137) Década 2000 – Rapper Dr Pam destaca-se com a música Bomba na Zona.
(138) Década 2000 – Sr. Jomo Fortunato organiza a Feira Internacional da Música e da Literatura no CEFOJOR com espaço para a Palestra sobre a origem do Hiphop em Angola, tendo como oradores os rappers Sixckim, Lukeni Bamba, Kool Kleva, CFK e o organizador de eventos Gansta.
(139) Década 2000 – Rapper Bob Da Rege Sense destaca-se em freestyle VS Tekilla, outro com Sir Scratch em Portugal dando maior visibilidade do Rap de origem Mangop na Tuga e com o projecto Bobinagem.
(140) Década 2000 – Kid Mc destaca-se com o projecto Caminhos.
(141) Década 2000 – Produtor Faggman destaca-se como produtor da música Pedras no Caminho de Kid Mc. Faggman conhece Sixckim por intermédio do rapper Chobi no show Beats e Poesias no sports bar na ilha de Luanda.
(142) Década 2000 – Produtora Cérebro Records destaca-se com produções de Kennedy Ribeiro, contributos de Dabullz, X da Questão, CFKappa, Kool Kleva, Snazzy. Os membros da Cérebro Records conhecem Sixckim no espaço Baía.
(143) Década 2000 – Rapper Kool Klever destaca-se com projecto Kooltivar
(144) Década 2000 – Sixckim passa a colaborar no programa Big Show Cidade com Kool Kleva, Phather Mack e Dj GMC, fazendo as melhores abordagens sobre HipHop e a actualidade. O impacto foi tão importante que o espaço para publicidade no programa foi sendo cada vez mais solicitado por causa da audiência.
(145) Década 2000 – Grupo de Rap Three Flows destaca-se, composto por 3 rappers
K-PINHA, SWEET GIRL e DELL-SAY sob a responsabilidade de Genny Boss.

DÉCADA DOS ANOS 2010

(146) Década 2010 – Dj Samurai destaca-se com o projecto O Último Samurai Volume 2 (CD duplo) pela MadTapes com 45 artístas, entre angolanos, moçambicanos, portugueses e brasileiros, com artístas como NGA, RAF TAG, MALEF, EXKAL, KID MC, BALTA P, DUAS CARAS, LIL JORGE, ATTITUDE T, REAIS CAMARADAS e muito mais…
(147) Década 2010 – Hochi Fu realiza e produz o filme intitulado A Procura De Um Final Feliz com a participação de IVM, Sixckim, Os Supremos, Papitchulo…
(148) Década 2010 – CASAMENTO entre dois Rappersꓽ Phather Mack e Donna Kelly realiza-se em Dezembro de 2011.
(149) Década 2010 – Grupo Nice Zulo e BC ganha destaque misturando Rap e Humor. Nice Zulu conhece Sixckim por intermédio do produtor DH no bairro Cassenda.
(150) Década 2010 – Organização do Show de HipHop da Lusofonia organizado por Dong King, Phather Mack… Sixckim conhece Phather Mack em 1996 durante um show na Feira Popular no bairro Popular.
(151) Década 2000 – DJ Impossible destaca-se como produtor e produz vários sucessos para Sixckim como Holla Back, Apetece-me, What It Do… e para Rui Orlando
(152) Década 2010 – A dupla de rappers Reptile e Raiva destaca-se com o projecto P.I.M.P (Paka, Inveja, Madonas e Problemas).
(153) Década 2010 – Sixckim lança na praça da independência o projecto Incolor produzido por Mad Contrário e DH da X10, com participações de Jack Kanga, Ceff, Kanda, Paulo Matomina…
(154) Década 2010 – Kid Mc torna-se no maior rapper solo em Angola elevando o game nacional Underground até aos PALOPS com ajuda da MadTapes de Dj Samurai.
(155) Década 2010 – Cage One aperfeiçoa o Swagg e a arte de vestir nas zonas urbanas.
(156) Década 2010 – XL Cyphers em Angola ganham maior visibilidade.
(157) Década 2010 – Grupo os Maianggaz destacam-se no Rap-game
(158) Década 2000 – Rapper Lancelot (Old School) destaca-se novamente e com o projecto Ponto De Vista com God-G e Dj Scotch
(159) Década 2000 – Dj Ritchelly destaca-se como Dj, sendo Dj oficial do rapper CFK
(160) Década 2010 – Délcio Dolar transforma a new school na nova fébre do Rap-game com a música Acima do Olimpo e recebe a nova geração de seguidores do Rap.
(161) Década 2010 – Rapper Xito Kumulukumba(Old School) aposta mais na cinematografia.
(162) Década 2010 – Rapper Dr. Romeu lança música Vírus e confirma notoriedade.
(163) Década 2010 – Rapper NGA destaca-se novamente e com o projecto Filho Das Ruas
(164) Década 2010 – RRPL Rei dos Rompimentos Primeira Liga criada por Fly-Skuad dá mais vida para o Rap nas ruas. Fly Skuad conhece Sixckim por intermédio de Balta P em 2010 antes do lançamento do projecto incolor de Sixckim.
(165) Década 2010 – Rapper Sarissari destaca-se com o projecto Tchobari com Tchoboli. Sixckim trabalha com Tchoboli em 2011.
(166) Década 2010 – Grupo de Bboys Estilo Urbano destaca-se participando no videoclipe da música Microfones do rapper Sixckim e em concursos de dança.
(167) Década 2010 – Elenco de Luxo ( Francis, Extremo Signo, Ready Neutro, Abdiel, Daboless e Dj Soneca,) torna-se na primeira maior coligação de rappers com as músicas Fuba e Vum Pá.
(168) Década 2010 – Substituição do programa BigShow Cidade de Big Nelo pelo programa Beat Box de Vui Vui na Rádio Luanda.
(169) Década 2010 – Rapper Dmage Mc destaca-se com a musica Boa Vibe (com Paulo Cabonda). Dmage Mc conheceu Sixckim na África do Sul enquanto eram estudantes.
(170) Década 2010 – Destaca-se o Remix (Fuba) versão femenina com Eva Rapdiva, Khris Mc, Girinha, G‘Pamela, Nìria.
(171) Década 2010 – Rapper Eva Rap Diva destaca-se com o projecto Rainha Ginga Do Rap
(172) Década 2010 – Força Suprema do King NGA eleva a dinâmica do Rap-game angolano com trabalho e disciplina e assume o controlo do Rap-game com ajuda da MadTapes de Dj Samurai (OLD School).
(173) Década 2010 – Rapper Sixckim(OLD School) organiza em Angola (Luanda) a palestra HipHop e o Contributo Positivo na Paz com a parceria da Mediateca de Luanda no Largo das Escolas.
(174) Década 2010 – Rapper Dji Tafinha(OLD School) destaca-se novamente e com o projecto Duetos
(175) Década 2010 – Artísta Matias Damásio destaca-se ao informar o público que ele era rapper.
(176) Década 2010 – Gladiador Paizão da RRPL destaca-se e tornando-se popular. Com o seu carisma hipnotizou várias vezes público usando retóricas quase subsersivas recheadas de humor e gratidão.
(177) Década 2010 – Rapper Young Double destaca-se com o projecto Conquistador
(178) Década 2010 – Rapper Vanda Mãe grande destaca-se com música Talento Fantasma, interrompe a carreira por pouco tempo e regressa ao Rap-game.
(179) Década 2010 – Rapper Mr K (OLD School) dos Kallibrados, anuncia que vai dedicar-se mais ao Gospel e menos ao mundo.
(180) Década 2010 – Criação no Youtube da rubrica #BigMOVE #BadMOVE de Edivaldo Santos
(181) Década 2010 – Criação no Youtube do programa Dois Contra 1 De David Sanguinário e Inamotto
(182) Década 2010 – Criação no Youtube do Podcast Artigo 40° De David Sanguinário e Inamotto
(183) Década 2010 – Grupo Força Suprema (#Masta, #Don_G, #Prodígio, #Monsta, #Deezy, #Nga) destaca-se mais uma vez e com o projecto Cozinha Aberta 2
(184) Década 2010 – Rapper Mamy Skill destaca-se como apresentadora no programa de rádio Beat Box da rádio Luanda.
(185) Década 2010 – Rapper G‘Pamela(New School) destaca-se com o projecto Narcisa Versasse Femenino
(186) Década 2010 – Rapper Carla Prata (New School) destaca-se no grupo TRX durante agum tempo e decide seguir carreira a solo.
(187) Década 2010 – Radialista Dino Cross apresenta programa de Rap MIX HIP HOP na Rádio-UniA
(188) Década 2010 – Rapper Megga Skill apresenta programa de Rap ShowTime na Rádio-MFM
(189) Década 2010 – Rapper Prodígio (Força Suprema) destaca-se novamente e com o projecto Prodígios
(190) Década 2010 – Grupo TRX (New School) destaca-se com as músicas 3 da Manhã e Vou Bazar, com o projecto Melhor União.
(191) Década 2010 – Grupo Mobbers (New School) conhecido como MOB quando afiliados a Latino Records, se destaca com a música Palpitar e com o projecto Since 2014.
(192) Década 2010 – Latino Records introduz mais uma grande novidade no Rap-gameꓽ O rapper Paulelson (New School).
(193) Década 2010 – Grupo Young Family (New School) destaca-se com a música Segue.
(194) Década 2010 – Projecto Ascenção Music (New School) destaca-se no Rap-game com as musicas Aleluia e Bofas da Cara.
(195) Década 2010 – Rapper Baby Helly (OLD School) destaca-se com a música Cinderela.
(196) Década 2010 – Rapper Sixckim (OLD School) destaca-se novamente, desta vez com as músicas Versos Dela e Holla Back com os videoclipes filmados em Paris (França).
(197) Década 2010 – Samuel Clássico(New School) destaca-se na música Niguém Aguenta da produtora Piriline (com Reptile, Kendrah, Yipson, Jonathan Puma) o jovem romântico tem talento para músicas de Love
(198) Década 2010 – Mierques (New School) destaca-se como um grande inovador no Rap-game com a música Num sei (com Kelson Most Wanted)
(199) Década 2010 – Toy Toy T-REX (New School) destaca-se como uma nova super estrela do Rap-game lusofono domina os coros explosivos e a sensualidade vibrante com músicas como Feeling, GUUD, Sally
(200) Década 2010 – Grupo Trinity 3nity (New School) destaca-se como arquitectos de rimas melódicas, mensagens com alma com as músicas como Indecifrável, Bater Torto.
(201) Década 2010 – Wet Bed Gang (New School) destaca-se com vibes dançantes e outras refletindo situações de relacionamentos em músicas como Devia Ir, Não Sinto.
(202) Década 2010 – Rapper Mck (OLD School) dá concertos gratuitos para presidiários
(203) Década 2010 – Rapper Mamy Skill destaca-se novamente e como a primeira rapper a atuar no concurso “Top dos Mais Queridos” da rádio, cantando com Ricardo Lemvo.
(204) Década 2010 – Rapper Kendrah (New School) destaca-se com a música Até Da Graça
(205) Década 2010 – Artísta Johny Berry (New School) destaca-se com o projecto VOB.
(206) Década 2010 – Lil Drizzy (New School) destaca-se com as músicas Estrela e Sacanagem (com Gianni Stallone & Crazy Boy)
(207) Década 2010 – Rapper Medusa destaca-se no XL Cypher (com Vanda Mãe Grande e Mamy Skill)

(208) Década 2010 – Rappers Vui Vui(OLD School) e Sandocan(OLD School) destacam-se novamente com o Projecto X.
(209) Década 2010 – Rapper Yannick Afroman (OLD School) vence o Top dos Mais queridos (ano 2019) com a música Bakongo.

DÉCADA DOS ANOS 2020

(210) Década 2020 – Pandemia da COVID-19 destroi a maioria dos projectos de artístas no mundo.
(211) Década 2020 – Rappers Cage One E Elisabeth Ventura são os primeiros angolanos a participar no BET Hip Hop Cypher
(212) Década 2020 – Rapper Sixckim (OLD School) destaca-se novamente e inova a forma de se fazer promoção. Industrializa metendo 10 videoclipes seus a passar em simultâneo na TV obtendo resultados fabulosos. Como consequência muitos artístas priorizaram mais a realização de videoclipes.
(213) Década 2020 – Artísta Johny Berry (New School) destaca-se novamente e com a música Pra Manter (com Cage One, King de Fofera & Dj Vato Poster)
(214) Década 2020 – Rappers Prodígio e NGA destacam-se novamente e desta vez ao participar no BET Hip Hop Cypher
(215) Década 2020 – Gladiadora Hidra (New School) destaca-se na Semifinal #7 da RRPL ao vencer o rapper Kanga Dji e passa para a final. Primeira mulher a chegar a uma final de batalha na RRPL (Reis do Rompimento Primeira Liga).
(216) Década 2020 – Gladiador Salomão Rei (New School) destaca-se como unico ser humano a vencer pela terceira vez uma Final da RRPL (Reis do Rompimento Primeira Liga).
(217) Década 2020 – Grupo Seketche (New School) destacam-se como fundadores do RAP CIA em Angola e com as músicas Nu Xtrago Nada, Buloco e muito mais… Com as suas obras impulsionam o Drill em Angola.
(218) Década 2020 – Samuel Clássico (New School) o músico romântico destaca-se novamente e com a música Só Precisas.
(219) Década 2020 – A Rapper Kendrah destaca-se novamente e na música Niguém Aguenta (com Reptile, Samuel Classico, Yipson, Jonathan Puma)
(220) Década 2020 – Durante as filmagens do videoclipe do artísta Watará o Kudurista K2 revela ao Sixckim que o mesmo está famoso em todos os guetos de Luanda.
(221) Década 2020 – A Rapper Mc Na Voz (New School) é a primeira nova revelação da década 2020, destacando-se com a música Alemão (com Mulatooh)
(222) Década 2020 – NOIVADO realizado entre dois Rappersꓽ Cage One e Elisabeth Ventura
(223) Década 2020 – Artísta galardoado C4 Pedro destaca-se com um projecto de Rap Dragão.
(224) Década 2020 – Rapper Kiambote destaca-se com a música No Bairro (com Jay Oliver)
(225) Década 2010 – Rapper Sixckim (OLD School) investe na promoção dos videoclipes de Dr Romeu (O Mundo Gira), Gabeladas (Kissangua), Big Nelo (Ja Vivi Isso Antes), Ingomblock (Suco) na Televisão impulsionando mais a imagem dos seus colegas.
(226) Década 2020 – Sidjay da Flava Sava (New School) destaca-se como artísta clássico romântico e revela uma voz rara nas músicas Lama e Anéis de Saturno.
(227) Década 2020 – Rappers (OLD School) Dr Romeu e Diakota compoêm juntos o hino dos 45 anos da independência de Angola.
(228) Década 2020 – Rapper G Son(New School) da Wet Bed Gang destaca-se novamente e com as músicas Farda e 3,14 (com Slow J & Sam The Kid)
(229) Década 2020 – Rapper Phedilson Ananás(New School) destaca-se com a música (Freestyle) Preguiçosos e conquista mais seguidores.
(230) Década 2020 – Rapper Vui Vui (OLD School) regressa novamente com o projecto Fiz de Novo
(231) Década 2020 – Rapper Sixckim (OLD School) destaca-se novamente e organiza o seu primeiro grande Show na Camuchiba em Luanda. O campo de futebol da Camuchiba esteve lotado.
(232) Década 2020 – Lil Drizzy (New School) destaca-se novamente e com o projecto (Mixtape) Longa Vida Vol 3.
(233) Década 2020 – Rapper Yannick Afroman (OLD School) recebe o prémio de Mérito pelo Ministério da Cultura em Angola.

O grande mestre Sixckim termina dizendo que deseja a todos os artistas que foram citados, assim como aqueles que não foram mencionados, carreiras emocionantes e cheias de alegria, não importa o lugar ou a circunstância, continuem a sonhar sobre novas ideias e a trabalhar.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments