Hospital geral do Cuanza sul ganha fábrica de oxigênio

0
102

A fábrica com capacidade de produção de 13 mil litros de oxigênio por dia, instalada no Hospital Geral Provincial do Cuanza Sul, entrou, nesta sexta-feira, em operações.

A fábrica, uma oferta da SONANGOL, é a primeira instalada na referida unidade sanitária construída na década de 1950.

Orçada em 160 milhões de Kwanzas, tem duas linhas enchimentos e um compressor para o enchimento de 50 garrafas de oxigénio por dia.

A ministra da Saúda, Sílvia Lutukuta, destacou como um ganho para o sector na região, visto que aumenta a qualidade de serviço de saúde.
Sílvia Lutukuta agradeceu o gesto do Ministério dos Petróleos e em particular da Sonangol e augura que a parceria com o sector da saúde seja cada vez mais reforçada.
Recomendou a direcção do hospital ao asseguramento da manutenção fábrica tendo em conta a sua importância no salvamento de mais vidas.

Para o Presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Gaspar Martins, a inauguração empreendimento visa a cumprir a responsabilidade social da empresa.
“Temos certeza que nesta fase particular do combate à pandemia da Covid-19 é de extrema importância e pode contribuir na melhoria do atendimento dos pacientes infectados que necessitam desta assistência”, reforçou a ministra.

Já o governador provincial, Job Capapinha, prometeu um acompanhamento periódico, para que os técnicos asseguram a manutenção e se tenha a fábrica funcional, garantido o fornecimento as demais unidades sanitárias na região.

Hospital Geral 17 de Setembro conta com 150 camas, 21 médicos dos quais 13 estrangeiros e 165 enfermeiros.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments