- Publicidade -

More

    Imprensa italiana comenta conquista do Leão de Ouro

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A atribuição do Leão de Ouro ao Pavilhão de Angola na 55 Bienal Internacional de Arte de Veneza fez manchete na imprensa italiana, com destaque para o jornal L’Espresso ” que aponta: “Um pavilhão assim esmagaria qualquer um”.

    O Il Sole 24 Ore, o maior quotidiano económico da Itália, revela as razões pelas quais o júri concedeu o prémio mais alto a Angola, “O Leão de Ouro, pela melhor participação nacional, pela capacidade do artista e dos curadores que juntos reflectem sobre o irreconciliável e complexidade do conceito da localização”.

    O comentário do Il Sole 24 Ore é corroborado pelo L’Espresso, jornal de media tiragem, que acrescenta: “É claro que foi um bom trabalho. Um prémio com coragem de confronto, mas é para dizer também que foi uma luta desigual com os outros pavilhões. Um pavilhão assim esmagaria qualquer um”.

    angola

    No La Repubblica, o segundo jornal italiano com maior tiragem, lê-se: “Luanda, Cidade Enciclopédica” é “uma impressionante instalação da exposição”, também constituída por uma colecção de pintura e escultura denominada “Angola em Movimento”.

    O Il Mattino intitula a sua peça sobre o assunto: “O leão ruge em Angola” e define-o como “um veredicto geográfico amplo, cujo prémio foi recebido por uma ovação de pé.”

    Por sua vez, o Il Giornale define “uma surpresa agradável, pois o Pavilhão que fala da capital do Estado Africano é realmente um dos melhores espaços fora do Arsenale e do Giardini”, locais onde se encontram outros pavilhões.

    “Um prémio amplamente compartilhado pelos críticos internacionais” – descrevem portais de informação, arte e cultura.

    “Chagas é um fotógrafo cuja obra explora os parâmetros de fotojornalismo. A série fotográfica que desenvolveu é uma documentação sistemática de Luanda, um catálogo de objectos abandonados ao redor da cidade que foram reposicionados, a criação de uma taxonomia alternativa da capital angolana” – reportam blogs de arte e cultura.

    O Corriere della Sera, jornal com maior tiragem da Itália, detalha como foi emocionante a entrega do Leão de Ouro a Angola e transcreve as palavras da ministra Rosa Criz e Silva: “Para nós, estar aqui, foi um empenho extraordinário, mas queremos mostrar que o País concentra-se na cultura”.

    O diário cita o ministro italiano da Cultura Massimo Bray: “Estou muito feliz de estar aqui em Veneza, pelo prémio de Angola. O seu pavilhão emocionou-me”.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Henrique Sungo e Filipe Anjos apresentam o seu novo projeto documental intitulado “Aspiracionalismo”.

    Depois de estrear na cidade de Londres, agora é a vez da cidade da Kianda receber a Santano Produções, uma produtora audiovisual do angolano...

    Fábio Hustle admite que namoraria com Malune e revela em Live que teve 14 ex-namoradas

    Por: Helder Lourenço Na noite desta quinta-feira (18), durante uma animada Live no TikTok com a participação de 3-Fine, Elisandra Elly e outros influenciadores, o...

    Conheça Legoo, única plataforma nacional de venda de ingressos que transfere dinheiro dos promotores em 24 horas

    Criar um evento e ver o seu rendimento nunca foi tão fácil, e por esta razão, a “Legoo”, plataforma angolana lançada hoje (18) no...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto