- Publicidade -

More

    Investigadores concluem que beber uma cerveja por dia faz bem aos intestinos e não engorda

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (Cintesis), na cidade do Porto, em Portugal, concluíram que “beber cerveja faz bem à microbiota intestinal”, factor que tem sido associado à prevenção de doenças crónicas como a obesidade, diabetes e cardiovasculares.

    Segundo a agência de notícias Lusa, o benefício da cerveja na saúde intestinal “provou ser independente do teor alcoólico”; “Beber cerveja faz bem à microbiota intestinal.” Esta é a principal conclusão de um estudo do Cintesis, liderado pelas investigadoras Ana Faria e Conceição Calhau, publicado no Journal of Agricultural and Food Chemistry, e que contou com as contribuições de investigadores da Nova Medical School – Faculdade de Ciências Médicas.

    “O consumo de cerveja contribui para a melhoria da composição da microbiota intestinal, factor que tem sido associado à prevenção de doenças crónicas muito comuns, tais como a obesidade, a diabetes e as doenças cardiovasculares”, salienta o Cintesis, disseram os investigadores em comunicado.

    No decorrer da investigação, a equipa recrutou homens saudáveis, entre os 23 e 58 anos, para participarem num ensaio, ao longo de quatro semanas, que consistia em beber diariamente 330 mililitros (ml) de cerveja, com ou sem álcool.

    Os resultados provaram que o consumo de cerveja, bebida que resulta da fermentação de cereais, “aumenta a diversidade da microbiota intestinal, sem aumentar o peso e a massa gorda”. Ao mesmo tempo, os investigadores concluíram que a ingestão desta bebida “não interfere significativamente em biomarcadores cardiometabólicos”, como a glicose, colesterol e triglicéridos.

    De recordar que os investigadores acreditam que o efeito benéfico da cerveja poderá estar ligado aos polifenóis presentes na bebida, à semelhança do que acontece com o vinho tinto, ao mesmo tempo que salientam que o estudo “vem demonstrar que este tipo de bebidas ricas em polifenóis, no caso a cerveja, é uma abordagem interessante para aumentar a diversidade da microbiota intestinal”.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    BPC Alcança Lucro de 105,8 Mil Milhões Kz em 2023 Após 7 Anos de Prejuízos

    Após um período de sete anos enfrentando prejuízos, o Banco de Poupança e Crédito (BPC) conseguiu encerrar o ano de 2023 com um resultado...

    Tunjila Tuajokota lamenta falta de convites em eventos: “já não nos querem convidar”

    O grupo musical folclórico angolano, Tunjila Tuajokota, expressou, em entrevista ao Platinaline, nesta Quinta-feira (29) de Fevereiro, a sua preocupação com a falta de...

    Carlos Morais fala sobre a Possibilidade de Voltar a Jogar pela Seleção Nacional: “Se Eu Tivesse a Oportunidade, Eu Iria”

    Há quase um ano sem vestir a camisola da seleção nacional sénior masculina de basquetebol, o que tem gerado debates entre os analistas desportivos,...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto