- Publicidade -

More

    Kabuscorp eliminado da Liga de Clubes em jogo de falhanços

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Luanda – O Kabuscorp do Palanca sucumbiu a maior experiência do Zamalek do Egipto e ficou afastado da corrida à fase de grupos da Liga de Clubes Campeões de África ao consentir empate (0-0) esta sexta-feira, no estádio 11 de Novembro, em jogo dos 16/avos de final.

     

    Após derrota na primeira mão (0-1), o campeão angolano jogou ao ataque e várias vezes até sufocou o adversário no seu meio campo, mas as acções ofensivas quase sempre não foram acompanhadas de boas finalizações.

    Amputado na lateral esquerda, onde Firmino quase não acertava alguma, o Zamalek teve apenas que se preocupar com Lunguinha, na direita, com os atacantes Meyong e Tresor Mputo Mabi, cada um deles com três defensores sempre que em posse da bola.

    O jogo da formação do Palanca ficou também marcado pelos inúmeros falhanços. A partida registou um golo, apontado por Tresor Mputo Mabi, aos 40 minutos, mas o árbitro anulou, considerando posição irregular.

    Muita vontade e pouca eficácia foi assim mesmo que a formação de Edurd Antranik terminou a primeira parte, onde o Zamalek, experientemente, suportou toda pressão, resguardando-se na defesa e realizando contra-ataques, alguns obrigaram esmero ao guarda-redes palanquino.

    O Kabuscorp esteve perto de inaugurar o marcador aos 16 minutos por Lami, num lance na pequena área com corte da bola quase no limite do golo. Tresor Mputo Mabi remata colocado e falha por pouco (26′), e Firmino não acertou o cabeceamento na pequena área (44′).

    No reatamento, os anfitriões assumiram novamente as acções ofensivas, numa altura em que apenas Adawa rematava de fora da área, enquanto os magrebinos faziam já contenção da bola com ataques esporádicos, mas com muito perigo.

    As entradas de Love e Mpele Mpele conferiu à equipa do Palanca maior pendor ofensivo, tendo o primeiro beneficiado de várias oportunidades de golo, a mais flagrante aos 79 minutos, com um cabeceamento muito próximo.

    Perante um público hoje surpreendentemente pouco entusiasta, o Kabuscorp jogou com vontade de vencer, mas sem a eficácia de que necessitava para inverter a eliminatória a seu favor, depois da derrota no Egipto de 0-1.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Figuras públicas mostram-se tristes pela não convocação de Bastos Kissanga nos jogos contra Eswatini e Camarões

    Depois de conhecida a lista final de convocados do técnico Pedro Gonçalves para os próximos jogos de qualificação ao Campeonato do Mundo 2026, a...

    Santo Cézar Revela Renda Mensal de Fotógrafo Profissional: “Um Milhão por Mês”

    Por: Liliana Victor Durante o programa Dia Alegre na Platina FM, o fotógrafo Santo Cézar compartilhou detalhes sobre a realidade da fotografia em Angola, revelando...

    Malunne revela interesse amoroso por um artista da nova geração: “A pessoa sabe, falamos com frequência”

    Por: Sara Rodrigues Ao que tudo indica, a menina cresceu e está de olhos em um músico da nova geração. Sem muitos detalhes adicionais, a mais...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto