“Mad Tapes Apresenta A Promessa Da Nova Geração Do Hip Hop: Fly Skuad”

0
132

 

Lançamento do primeiro trabalho oficial do artista Fly Skuad, intitulado ‘Extractos’ no dia 22 de Julho, Domingo, pelas 8h 00 na Praça da Independência em Luanda.

Para reforçar a cultura e música angolana, mais concretamente dentro do estilo hip hop, a  label  Mad Tapes tem vindo a assumir um compromisso e relacionamento sério com a sociedade Lusófona. Depois de vários casos de sucesso, entre os quais Kid Mc (3 lugar do top dos mais queridos de 2011), a editora vem dar a conhecer ao publico angolano uma distinta e por muitos já aguardada obra do artista Fly Skuad, considerado actualmente a nova promessa do movimento hip hop. 

Este espera-se ser mais um passo para a melhoria do estilo e para a internacionalização e comunhão deste com os Países de Língua Oficial Portuguesa.

Fly Skuad é  um músico contemporâneo e um dos poucos artistas no mercado nacional que, apesar de ainda não ter uma obra discográfica comercializada, tem ganho grande expressão entre o publico devido ao seu talento e dedicação. O mesmo, além de ter uma mixtape bem consumida e algumas participações de peso, é actualmente considerado um ícon do ‘freestyle’ e em líricas, ‘status’ que levou o seu nome além fronteiras. Por tal ser verdade e pela popularidade do seu nome nas ruas angolanas e redes sociais ser notável, a imprensa tem vindo a abraçar o dom do artista que num curto espaço de tempo alcançou grande projecção em blogs, jornais e revistas tornando-se inclusivamente no único artista sem álbum a ser figura de capa das mesmas.

Além disso, actualmente a visibilidade de Fly Skuad tem-no levado constantemente a vários palcos dentro e fora da capital.

O projecto a ser lançado dia 22 de Julho na Praça da Independência a partir das 8h 00 da manhã dará a conhecer ao publico 11 faixas musicais produzidas por vários produtores conhecidos da praça nacional. As suas faixas promocionais já lançadas são: ‘Eu Vou’ com a participação de BZB, ‘Vida Perdida’, história comovente que espelha a infelicidade de uma mulher que não consegue ter filhos e ‘Extratos’, que retrata a vida do próprio músico. Serão ainda debatidas dentro desta obra temáticas bastante actuais: o quotidiano da sociedade angolana, mensagens com teor educativo, e, como não podia deixar de ser, vários ‘skills’ onde o artista brinca com o ‘flow’, rimas e palavras.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui