- Publicidade -

More

    Médica Yanessa Filipe e Ricardo Buta deixam conselhos às pessoas com desejo de “jardar” em busca de um corpo perfeito

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    A médica especialista em cirurgia plástica, Yanessa Filipe, e o personal trainer Ricardo Buta, que participaram nesta terça-feira (23), na Rubrica “Saúde para o Povo”, do Programa dia Alegre, da Platina FM, onde abordaram vários assuntos relacionados ao tema Jarda, que é uma problemática na nossa sociedade que afecta gravemente a saúde de quem faz o uso, e deixaram conselhos às pessoas que fazem ou pretendem fazer uso.

    “Jarda não é para fazer (…) Não aconselho a usar, nem introduzindo no ânus nem a colocar em seringa, porque é o que habitualmente essas meninas fazem, misturam tudo, põem água e injectam. Você pode morrer numa dessas aplicações (…) Comam bem, treinem bem e se vocês virem que no final das contas, mesmo treinando bem o glúteo não ficou desenvolvido procurem um cirurgião plástico, tira a gordura de algum lugar e coloca no glúteo.”, apelou a cirurgiã plástica.

    “Não usem jarda, vocês vão mesmo morrer. Para os miúdos que estão a começar e querem ter um corpo bonito, um corpo de verão, vocês conseguem sem necessariamente recorrer a jarda (…) Treinem, não usem jarda, e comam bem(…) É duro, exige muito trabalho e investimento, mas vão conseguir com saúde. Quando a estética sobrepõe a saúde nada corre bem”, aconselhou o personal trainer.

    O personal trainer e a médica, explicaram que o termo popular “Jarda” era usado no meio desportivo para falar de indivíduos que usavam anabolizantes esteróides no contexto do fisioculturismo, e que hoje em dia passou a ser usado para designar pessoas que usam substâncias prejudiciais à saúde com fins estéticos e desportivos, aumentando uma zona de corpo, como glúteos ou braços, causando uma desproporção em relação as outras partes do corpo e deformidade na região que se aplica.

    De realçar que, a cirurgiã plástica mencionou substâncias usadas para jardar como: hormónios injectáveis (testosterona e progesterona) de forma errada, gel para ecografias, mistura de combustível de avião e silicone industrial, caldo de galinha e hidrogel, tendo como objectivo ganho imediato e ganho monetário, causando problemas de saúde para terem o tão desejado “corpo perfeito”, que na verdade, segundo a explicação, não é correcto, visto que cada pessoa deve ter os seus objectivos de acordo ao tipo de corpo que possui.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    TAAG põe fim a acordo com Hi-Fly e volta a assegurar na totalidade voos Luanda-Lisboa

    No seguimento do plano de manutenção e recuperação da frota e, no sentido de responder melhor às necessidades do mercado e a estratégia de...

    Hildebrando de Melo na 15º Bienal de Havana em Cuba

    A 15ª Bienal de Havana, que ocorrerá de 15 de novembro de 2024 a 28 de fevereiro de 2025, contará com a presença do...

    Florêncio Handanga homenageia legado musical do pai com lançamento de “Ya papa”

    Florêncio Handanga, filho do saudoso músico Justino Handanga, irá lançar uma nova música intitulada “Ya papa” no próximo dia 18 de Maio, como uma...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto